PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

F1: Verstappen celebra vitória, mas reclama do vento e de problema no carro

Max Verstappen comemora a vitória no GP da Espanha com o troféu - LLUIS GENE/AFP
Max Verstappen comemora a vitória no GP da Espanha com o troféu Imagem: LLUIS GENE/AFP

Do UOL, em São Paulo

22/05/2022 13h26

Depois de conquistar sua 24ª vitória na carreira, neste domingo (22), no GP da Espanha, Max Verstappen comemorou o resultado em uma corrida que poderia dar muito errado para o holandês. Ele rodou logo no início da prova, caindo duas posições, teve problemas na asa móvel da Red Bull, mas viu Charles Leclerc, da Ferrari, abandonar o GP na 27ª volta e abrir espaço para mais um triunfo do rival.

"Eu tive a escapada. Do nada surgiu um vento, perdi a traseira e escapei. Depois estava preso em um trem e tentei passar, mas meu DRS não funcionou sempre. Então tornou tudo muito difícil, mas conseguimos usar uma estratégia para fazermos a nossa corrida e eventualmente vencer. Foi um começo difícil, mas um bom fim", disse.

O forte calor na Espanha, que fez o asfalto atingir temperaturas perto do 50ºC, obrigou os pilotos a pararem mais vezes no pitstop. Verstappen foi três vezes aos boxes. O holandês ressaltou que, apesar de não ser usual, o carro andou bem tanto com pneus médios quanto com os macios.

"Acho que o comportamento do carro foi bom no macio, mas no médio parece que funcionou bem também. [A minha disputa com George Russell, da Mercedes] foi por causa do DRS mas, no fim, conseguimos fazer a ultrapassagem".

O pódio do GP da Espanha foi completado por Sergio Perez, companheiro de Verstappen na Red Bull, em segundo e Russell em terceiro.

Fórmula 1