PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Hotel de luta de Spider hospeda estrelas e tem diárias salgadas; conheça

Do UOL, em São Paulo

21/05/2022 04h00

Em sua terceira luta de boxe após a aposentadoria do UFC, o brasileiro Anderson Silva vai entrar nos ringues em condições, no mínimo, diferentes no final da tarde de hoje.

Aos 47 anos, Spider vai encarar o compatriota Bruno "Caveira" Azeredo no heliponto do Hotel Burj Al-Arab, em Dubai. O duelo, que havia sido adiado em função da morte do presidente dos Emirados Árabes, faz parte do card do Global Titans Fighting 3, que começa às 15h (de Brasília) e reúne quatro embates.

O local é um dos principais pontos turísticos da região. Construído em 1999 dentro de uma ilha própria, o estabelecimento tem formato de uma vela e possui 57 andares, divididos em impressionantes 321 metros de altura.

Anderson Silva, o Spider, em ação durante luta de boxe; brasileiro tem novo desafio neste sábado - Manuel Velasquez/Getty Images - Manuel Velasquez/Getty Images
Anderson Silva, o Spider, em ação durante luta de boxe; brasileiro tem novo desafio neste sábado
Imagem: Manuel Velasquez/Getty Images

O Burj Al-Arab é considerado um hotel de sete estrelas e proporciona aos hóspedes, além de restaurantes e aquários subterrâneos, um panorama do Golfo Pérsico. Há mais de 10 mil m² disponíveis aos turistas.

As suítes possuem janelas gigantes que vão do chão ao teto, com vista tanto para o mar quanto para a cidade. Todos os quartos contam com iPad de ouro, roupa de cama egípcia, artigos luxuosos de banho e serviço de mordomo, por exemplo. Há categorias premium que oferecem, também, mesa de sinuca, cinema e elevador privado.

Diante de todo o luxo, o local virou queridinho das celebridades: esportistas como Tiger Woods, Anthony Joshua e Roger Federer, de acordo com o próprio governo de Dubai, já se hospedaram por alguns dias no edifício.

Quanto custa?

Ficou com vontade de passar alguns dias no local? Então pode ir preparando o bolso: o Burj Al-Arab tem preços salgados, como quase tudo em Dubai.

Visão da "Suíte Real" do Burj Al-Arab, hotel sete estrelas de Dubai - Divulgação/Burj Al Arab Jumeirah - Divulgação/Burj Al Arab Jumeirah
Visão da "Suíte Real" do Burj Al-Arab, hotel sete estrelas de Dubai
Imagem: Divulgação/Burj Al Arab Jumeirah

O UOL Esporte fez algumas cotações durante a última semana em diferentes sites de agências de viagens para ter uma ideia dos valores.

A diária para um casal de um sábado para domingo de junho, por exemplo, ficou em cerca de R$ 6,2 mil nos espaços mais simples (e mais concorridos). Para hoje, dia da luta de Anderson Silva, não havia quartos disponíveis.

O preço pode ser um ligeiramente menor em caso de hospedagens que fogem do fim de semana — e com maior antecedência. Entre os dias 6 e 7 de setembro, por exemplo, este valor cai para R$ 5,9 mil. Tudo isso sem contar impostos e taxas adicionais que podem surpreender.

Para os mais abastados, há suítes que ultrapassam a casa dos R$ 50 mil por dia, ainda sem futuras cobranças envolvendo pagamentos adicionais.

Todas as quantias também excluem serviços extras disponíveis aos hóspedes e, claro, não estão embutidas nos valores de uma passagem aérea do Brasil até os Emirados Árabes.

Esporte