PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Jatinho de Verstappen custa R$ 87 mi, bate 800 km/h e já foi de bilionário

Max Verstappen, campeão da Fórmula 1 em 2021, em seu jatinho particular avaliado em R$ 87 milhões - Reprodução/Instagram
Max Verstappen, campeão da Fórmula 1 em 2021, em seu jatinho particular avaliado em R$ 87 milhões Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

26/01/2022 13h29

O piloto Max Verstappen está vivendo o ápice de sua jovem carreira. Aos 24 anos, ele é o atual campeão da Fórmula 1 e recebe um salário de R$ 102 milhões anuais da Red Bull. O holandês, inclusive, ostenta um jatinho particular de R$ 87 milhões e que ultrapassa 870 km/h de velocidade.

A aeronave foi adquirida por Verstappen em 2020 e pertencia ao bilionário britânico Richard Branson, de acordo com o 'Auto Evolution'. Ele costuma usar o jatinho em suas viagens entre as corridas da categoria.

O custo anual de manutenção é de cerca de R$ 7,3 milhões. O jatinho é equipado com três motores 'Honeywell' que o permite atingir até 870 km/h e autonomia de cerca de 8 mil km.

A capacidade é de 12 pessoas, mas pode a aeronave pode ser configurada para levar até 16 passageiros. Além disso, possui um divã que se converte em uma cama, um bar "totalmente abastecido" e um banheiro de luxo", segundo o 'Auto Evolution'.

O também piloto Daniel Ricciardo, ex-companheiro na Red Bull e atualmente na McLaren, já pegou carona no jatinho. "Dividindo um Uber", brincou o holandês.

Verstappen está em um relacionamento com Kelly Piquet, filha do tricampeão mundial brasileiro Nelson. No final de 2021, o holandês esteve em Brasília, onde o sogro mora, e passou o Natal nos Lençóis Maranhenses com a família da namorada.

Ontem (25), o piloto publicou em seu Instagram uma foto de um passeio aéreo na Áustria na companhia de Kelly. Só que, ao invés do jatinho particular, eles estavam a bordo de um helicóptero.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do informado anteriormente, o jato de Verstappen tem 8 mil km de autonomia de combustível --número que nada tem a ver com a altitude. O erro foi corrigido.

Fórmula 1