PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Whindersson: 'O Popó sou eu, o cara que não tem nada e chega a ser alguém'

Whindersson Nunes comenta duelo de boxe com Popó no "Podpah" - Reprodução/YouTube
Whindersson Nunes comenta duelo de boxe com Popó no 'Podpah' Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/01/2022 17h16

Prestes a encarar tetracampeão mundial Acelino Popó Freitas em um combate exibição de boxe, o humorista Whindersson Nunes cobrou reconhecimento ao ex-pugilista. Convidado do "Podpah" de hoje, Whindersson comparou sua história à de Popó, mas lamentou que "a galera aqui desvaloriza demais" os feitos do tetracampeão mundial.

Whindersson destacou as conquistas de Popó, e comparou a "idolatria" do brasileiro em comparação a Mike Tyson. Para o artista, "a galera baba muito ovo da galera de fora".

"Eu sempre achei estranho o Mike Tyson ter 15 milhões de seguidores e o Popó não ter 1 milhão. Acho que a galera baba muito ovo da galera de fora, e acho que fora eles tratam melhor seus campeões. O Popó é tetracampeão mundial O Popó não tem 600 mil seguidores. O Popó venceu quatro vezes... É muita alegria para o povo brasileiro. É a mesma coisa da Copa (do Mundo). O que o Brasil ganhou cinco vezes, o Popó ganhou quatro. E sem incentivo de nada. Fu**** também. O Popó sou eu, tá ligado? O cara que não tem nada e chega a ser alguém na vida. Mas acho que a galera aqui desvaloriza demais", falou o humorista.

Whindersson ainda explicou que o evento tem como objetivo valorizar Popó, e se diverte com as reações sobre o combate."É interessante você fazer uma coisa que todo mundo fala que você vai morrer. Deve ser tipo ser alpinista. Todo mundo 'faz isso não'. É pelo boxe mesmo, porque o Popó é o nosso maior campeão brasileiro. Tem também o Maguila".

Mesmo assim, o artista deixou claro que treina "de verdade", e acredita que essa seriedade "convenceu" Popó a aceitar o convite.

"Eu treino de verdade. É isso que a galera não vê. A galera vê o que eu posto, mas não eu acordando, o estresse, que eu não só luto. Eu luto e faço um milhão de coisas. É um esforço muito grande. Custa muito você acreditar em você a ponto de levar o negócio para ser feito, não só ficar de conversa. Daqui uma semana vamos ver o que vai acontecer", disse Whindersson.

"Ele vendo também o interesse que eu estava em fazer o negócio, acho que ele ficou suscetível, porque eu estava fazendo um negócio bem feito. Se eu tivesse fazendo umas besteiras de boxe, ele não ia querer, não, mesmo sendo quem eu sou", completou.

O humorista ainda brincou com sua aparência após o embate de domingo. "Eu penso nos dias depois. 'Pô, acabou'. Olho no espelho e é uma caricatura minha... Ou se vai estar só o olho inchado. Mas vai ser legal de toda forma. (...) Vai que, sem querer (eu ganho)? Acho muito difícil".

Além do combate exibição entre Popó e Whindersson, o evento contará com uma luta entre o medalhista de prata nas Olimpíadas de Londres, Esquiva Falcão, e o ex-BBB e ex-A Fazenda Yuri Fernandes.

Esporte