PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Quais os passos para Djokovic evitar deportação e jogar no Australian Open?

Novak Djokovic, durante treino antes do Aberto da Austrália - William WEST / AFP
Novak Djokovic, durante treino antes do Aberto da Austrália Imagem: William WEST / AFP

Do UOL, em São Paulo

14/01/2022 10h30

O tenista número 1 do mundo, Novak Djokovic, teve seu visto cancelado na madrugada desta sexta (14) por decisão do governo australiano. Por não ter se vacinado contra a covid-19, o sérvio se encontra em uma situação complicada para evitar a deportação e poder disputar o Aberto da Austrália.

Agora, a única esperança de Djokovic é conseguir uma medida cautelar de liberdade pela Justiça local enquanto seus advogados avaliam as provas que podem apresentar, de acordo com o 'Mundo Deportivo'. Essa possibilidade é "extremamente difícil" de acontecer durante o final de semana, segundo uma fonte especializada ouvida pelo jornal espanhol.

Os advogados do tenista recorreram da decisão do ministro da Imigração, Cidadania, Serviços a Imigrantes e Relações Multiculturais da Austrália, Alex Hawke, que usou o seu poder pessoal para cancelar o visto. Os profissionais alegam que a decisão foi "patentemente irracional".

O caminho mais provável para a equipe jurídica de Djokovic seria recorrer a um juiz de plantão da Vara Federal do Circuito e da Família ou a um juiz superior do Tribunal Federal para obter dois mandados de urgência, conforme o 'Mundo Deportivo' publicou. O primeiro deles concederia uma liminar que impediria a deportação, enquanto o segundo obrigaria o ministro australiano a conceder o visto para ele disputar o torneio.

"Essa segunda ordem é quase sem precedentes. Muito raramente os tribunais ordenam que um membro do governo conceda um visto", afirmou o advogado Kian Bone, à reportagem. O tenista, que chegou a ser detido em sua chegada na Austrália no dia 5 de janeiro, conseguiu que a Justiça local liberasse sua entrada no país no último dia 10.

O Aberto da Austrália começa na próxima segunda-feira (17) e os advogados do sérvio têm como objetivo conseguir um julgamento rápido antes do início da competição. Primeiro cabeça de chave na edição deste ano do Aberto da Austrália, Djokovic foi sorteado para enfrentar seu compatriota Miomir Kecmanovic na primeira rodada do Grand Slam.

Tênis