PUBLICIDADE
Topo

Tênis

O que acontece com o Australian Open se Djokovic perder visto

Novak Djokovic corre risco de perder visto australiano e acabar fora do Australian Open - Reuters
Novak Djokovic corre risco de perder visto australiano e acabar fora do Australian Open Imagem: Reuters

Do UOL, em São Paulo

13/01/2022 10h40

A organização do Australian Open sorteou, hoje, o chaveamento da edição deste ano do Grand Slam. O sérvio Novak Djokovic encara seu compatriota Miomir Kecmanovic na primeira rodada. Mas o que acontece se o número um do mundo perder o visto na Austrália?

Caso Djokovic seja expulso do país, ele desfalcará o Australian Open. Neste caso, o novo adversário de Kecmanovic será um lucky loser (algo como "perdedor sortudo", em inglês), um tenista derrotado no qualificatório do torneio, mas que ganhará uma vaga na chave principal por conta da ausência do líder do ranking mundial.

Sem Djokovic, o novo favorito ao título seria o russo Daniil Medvedev, número dois do mundo e atual vice-campeão do torneio. Ele foi derrotado justamente pelo sérvio na final do ano passado. Medvedev estreia contra o suíço Henri Laaksonen.

Quem também se beneficiará se Djoko ficar fora do torneio é Rafael Nadal, que retornou recentemente de lesão. O espanhol e o sérvio estão do mesmo lado da chave e podem se encontrar na semifinal.

Djokovic x governo da Austrália

No início desta semana, Djokovic ganhou na Justiça o direito de ficar na Austrália após ter sido inicialmente barrado na chegada ao país por não apresentar todos os documentos necessários para justificar sua entrada sem se vacinar contra a covid.

Mesmo com a vitória na Justiça, o sérvio agora aguarda a decisão do ministro da Imigração da Austrália, Alex Hawke, que tem poder pessoal para cancelar o visto do tenista. A defesa do sérvio planeja recorrer caso o parecer seja desfavorável. Se perder o visto, Djoko corre risco de ficar sem poder entrar na Austrália por três anos.

Tênis