PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Fórmula 1: Mazepin abre o jogo sobre "relação difícil" com Mick Schumacher

Nikita Mazepin e Mick Schumacher têm histórico de desavenças após temporada de estreia na Fórmula 1 - Joe Portlock/Getty Images
Nikita Mazepin e Mick Schumacher têm histórico de desavenças após temporada de estreia na Fórmula 1 Imagem: Joe Portlock/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

12/01/2022 18h35

Os pilotos da equipe Haas não tiveram uma relação muito amigável em 2021, mas a tendência parece ser de melhora. Segundo o próprio Nikita Mazepin, a convivência com Mick Schumacher agora é "neutra" após os "tempos difíceis" que os dois tiveram na temporada de estreia.

"Não sei se tudo tomou medidas desproporcionais [pelos fãs e imprensa], porque realmente houve tempos difíceis quando ele estava me conhecendo e eu estava conhecendo ele", admite o piloto russo, para quem "é justo dizer" que ele e Mick não são exatamente amigos.

"Toda vez que vou para pista, quero que o meu carro termine na frente [do dele]. Sempre quis, e nunca vou deixar de querer até que deixe a categoria. Mas agora é uma relação bem neutra, que não tem altos e baixos, é apenas consistente. E acho que esta é a única forma de ter bons resultados neste esporte", opina Mazepin.

Ele e Mick Schumacher se estranharam algumas vezes durante a última temporada. "Ele quer nos matar", bradou o alemão após levar uma fechada do companheiro em Baku. A situação se repetiu na Holanda, e no GP seguinte os dois se tocaram em Monza.

Questionado sobre a gestão dos pilotos em 2021, o chefe da Haas, Gunther Steiner, admitiu que "foi como ter duas crianças; não foi fácil". Ambos, no entanto, estão confirmados para a temporada deste ano, que começa no Bahrein em 20 de março.

Fórmula 1