PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Neto reprova cartaz de corintiana rasgado e cita sinalizadores no estádio

Neto, no "Os Donos da Bola", da TV Band - Reprodução/TV Band
Neto, no "Os Donos da Bola", da TV Band Imagem: Reprodução/TV Band

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/12/2021 13h41

Apresentador e comentarista da TV Band, Neto se revoltou após ver a situação em que uma menina corintiana, ao tentar entrar com uma mensagem para Cássio na Neo Química Arena, viu seu cartaz ser rasgado por uma policial após a revista. O episódio aconteceu na entrada do estádio para o jogo Corinthians 1 x 1 Grêmio, pela 37ª rodada do Brasileirão.

O ex-jogador destacou que, além de outros cartazes e faixas, torcedores entraram com sinalizadores no estádio. Neto cobrou bom senso para evitar que episódios como estes se repitam.

"Oh, Capitão Guedes, da comunicação da Polícia Militar, deixa eu falar uma coisa para o senhor: se fosse sua filha, você ia gostar? Se fosse a filha do comandante? 'Ah, mas é lei'. É lei, que legal que é lei. Então não entra maconha no estádio. Não pode entrar maçã, banana, rádio. Mas entra isqueiro. Sabe quantos sinalizadores estavam no estádio do Corinthians? Como eles conseguiram passar? Explica para mim, então", disparou Neto no "Os Donos da Bola", hoje.

"Em um jogo de futebol, em que as pessoas se matam, metem bala um no outro, arrebentam aeroporto, postos de saúde, supermercados, arrebentam tudo e não acontece nada. Aí, uma menina de oito anos vai lá pedir para o Cássio ser Papai Noel e a policial rasgou [o cartaz]. Sabe por que ela rasgou? Tem que ter bom senso. Se fosse filha de um político, de um cara rico, podia entrar? Vocês revistam gente rica? Quem vai para o camarote?", completou.

Cássio 'Papai Noel'

Ao saber do episódio, Cássio prontamente atendeu ao desejo da garota - um par de luvas do goleiro. O jogador também fez um vídeo, dizendo que aceitava ser o 'Papai Noel' da menina, como ela pedia no cartaz.

UOL Esporte vê TV