PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Rayssa Leal bate Pâmela Rosa e fatura título do STU Rio Open

Rayssa Leal, no STU Rio Open - Reprodução/SporTV
Rayssa Leal, no STU Rio Open Imagem: Reprodução/SporTV

Igor Siqueira e Carolina Alberti

Do UOL, no Rio de Janeiro e colaboração para o UOL, em São Paulo

05/12/2021 17h20

Medalhista de prata nas Olimpíadas de Tóquio, Rayssa Leal foi a campeã do STU Open Rio da categoria skate street, disputada hoje, na Praça Duó, no Rio de Janeiro. Em disputa acirrada com a bicampeã mundial Pâmela Rosa, Rayssa se segurou na primeira colocação durante toda a prova para faturar o título.

Após liderar as classificatórias, Rayssa somou 16,30 pontos para somar mais um troféu na temporada. Pâmela terminou na segunda colocação, e Virginia Fortes Águas completou o pódio da última competição do ano válida pelo ranking brasileiro da CBSK (Confederação Brasileira de Skate).

Rayssa resumiu o ano "irado" e celebrou o fim da temporada ser no Brasil. "Foi muito importante para mim terminar esse ano incrível aqui no Brasil, de estar com a minha família, com a torcida. Eu estou muito feliz. Esse ano foi irado".

Rayssa Leal liderou a primeira parte da competição, composta por duas rodadas de voltas com 1 minuto de duração. A medalhista olímpica conseguiu 6,20. Pâmela Rosa foi a segunda colocada, com 5,60, seguida por Virginia Fortes Águas, com 4,61.

Rayssa manteve a ponta após as quatro rodadas de manobras isoladas, ao somar 16,30. Pâmela seguiu na cola da medalhista olímpica, com 15,56. Também se classificaram para o quadrangular final: Virginia Fortes Águas (12,53) e Kemily Suiara (8,64)

Na parte final da prova, composta por uma volta de 1 minutos e uma rodada de manobras isoladas, Rayssa viu Pâmela cometer erros e permanecer na segunda colocação. Sem pressão, a Fadinha não precisou trocar notas para garantir a primeira colocação.

A final do street feminino só contou com sete participantes, já Giovana Dias não se apresentou. Segundo a transmissão do SporTV, a atleta se lesionou.

Lucas Rabelo comanda no masculino

Lucas Rabelo - Igor Siqueira - Igor Siqueira
Imagem: Igor Siqueira

No masculino, Lucas Rabelo faturou o título da categoria street masculino ao liderar a final de ponta a ponta. O vice-campeão mundial foi o único a ultrapassar a casa dos 26 pontos, e também faturou a maior nota do evento.

Eduardo Neves e João Lucas Alves, o Xuxu completaram o pódio da última competição do ano válida pelo ranking brasileiro da CBSK (Confederação Brasileira de Skate).

Com a vitória confirmada, Rabelo exaltou o público presente na Praça Duó e diz que encerrou a temporada "com chave de ouro".

"Eu venho de um ano maravilhoso, e quando eu fiquei sabendo que teria essa etapa no Brasil, no Rio de Janeiro, na minha casa, eu senti que precisava realmente focar nisso. Queria poder finalizar o ano com chave de ouro", falou.

Lucas Rabelo liderou a primeira parte da competição, com 8,34. O segundo colocado foi Wilton Souza, com 7,77 e Eduardo Neves, com 7,69. Rabelo manteve a liderança após as quatro séries de manobras isoladas, ao somar 24,31. Também se classificaram para o quadrangular final Eduardo Neves (23,59), João Lucas Alves (22,15) e Julio Zanotti (20,94).

No último terço da prova, Xuxu trocou nota, mas não alterou a configuração do pódio. Já Lucas Rabelo encerrou a competição com a maior nota do evento, com 9,62, e disparou na liderança

Na final do skate park, a alemã Lily Stoephasius, de apenas 14 anos, foi a campeã. No masculino André Mariano, de 18 anos, ficou com o título. Pedro Barros foi o segundo colocado.

Esporte