PUBLICIDADE
Topo

Esporte

136 lances e quase 8h: Mundial de xadrez tem jogo mais longo da história

Magnus Carlsen e Ian Nepomniachtchi disputam o título mundial de xadrez em Dubai - Divulgalção/FIDE
Magnus Carlsen e Ian Nepomniachtchi disputam o título mundial de xadrez em Dubai Imagem: Divulgalção/FIDE

Do UOL, em São Paulo

03/12/2021 18h21

Já imaginou ficar quase oito horas sentado de frente para um tabuleiro forçando o seu cérebro a encontrar as melhores soluções possíveis? Foi isso que aconteceu nesta sexta-feira na disputa do Campeonato Mundial de xadrez, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. O norueguês Magnus Carlsen e o russo Ian Nepomniachtchi protagonizaram o jogo mais longo da história de uma disputa de título mundial.

Foram 7 horas e 45 minutos de partida e uma verdadeira "maratona mental". Magnus, campeão mundial desde 2013, venceu após a desistência de Nepomniachtchi no lance 136 — a maior quantidade de lances já registrados em um jogo válido pelo Mundial de xadrez. Antes, a partida mais longa havia sido entre Anatoly Karpov e Viktor Korchnoi, em 1978, com 124 lances.

Engana-se, porém, quem pensa que a disputa acabou aqui. Essa foi apenas a sexta de um total de 14 partidas valendo o título mundial e a primeira que contou com um vencedor no duelo — os cinco jogos anteriores haviam terminado em empate. Os jogadores voltam a se enfrentar amanhã para a sétima partida.

Magnus Carlsen, de 31 anos, é campeão mundial desde 2013 e defende o título pela quarta vez na carreira. Já o desafiante Ian Nepomniachtchi, também de 31 anos, está disputando o título mundial pela primeira vez.

Esse é a primeira final de Mundial desde o "boom" do xadrez com "O Gambito da Rainha", lançado pela Netflix em 2020. A produção se tornou a minissérie mais assistida da história da plataforma de streaming.

Esporte