PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Tenista some após acusar ex-vice primeiro-ministro da China de abuso sexual

Shuai Peng desaparece após acusar ex-vice primeiro-ministro da China de estupro - AFP
Shuai Peng desaparece após acusar ex-vice primeiro-ministro da China de estupro Imagem: AFP

Do UOL, em São Paulo

11/11/2021 19h02

De acordo com informações do jornal francês Le Monde, a tenista chinesa Shuai Peng está desaparecida. O sumiço da ex-líder do ranking de duplas da WTA foi notado após a acusação de abuso sexual feita contra Zhang Gaoli, vice primeiro-ministro da China entre 2013 e 2018.

A atleta de 35 anos fez uma denúncia contra o político na rede social Weibo, e foi compartilhada pela jornalista japonesa Emily Peng. A postagem virou notícia, mas foi tirada do ar após 20 minutos de sua publicação. Nela, Peng afirmava que foi forçada a ter relações sexuais com Zhang.

O periódico francês cogita a possibilidade de Shuai Peng ter fugido para os Estados Unidos a fim de evitar represálias após a revelação de abuso sexual que fez envolvendo Zhang Gaoli.

"As acusações de estupro afetam pela primeira vez um líder tão importante dentro do governo chinês. Mas o silêncio da jovem desde que o caso foi tornado público aumenta o temor do que pode ter acontecido com ela", escreveu Simon Leplâtre, correspondente do Le Monde na China.

Em seu currículo, a tenista tem títulos nas duplas em Roland Garros (2014) e Wimbledon (2013). Em 2014, ela atingiu o topo do ranking da WTA e terminou o ano na terceira colocação.

Tênis