PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Jogador brasileiro de basquete é encontrado morto nos EUA

Artur Bandiera (direita), de 15 anos, era estudante e jogador de basquete nos EUA - RReprodução/CBB
Artur Bandiera (direita), de 15 anos, era estudante e jogador de basquete nos EUA Imagem: RReprodução/CBB

Do UOL, em São Paulo

04/11/2021 10h08

O jogador de basquete e estudante Artur Bandiera, de 15 anos, foi encontrado morto na última terça-feira em Cumberland, nos Estados Unidos, onde ele jogava pelo time do colégio Bishop Walsh School.

Segundo a polícia local, a causa da morte ainda não foi identificada. No entanto, não havia sinais de crime ou abuso de drogas. O corpo de Artur ainda passará pelo processo de autópsia.

O brasileiro era intercambista no colégio e morava na LaSalle House, um dormitório de propriedade privada que abriga alunos do Bishop Walsh, de acordo com o jornal Cumberland Times-News.

"É importante para nós, como comunidade, orar por ele e sua família enquanto eles passam por essa grande perda", disse a diretora do colégio, Jennifer Flinn.

Em nota, a CBB (Confederação Brasileira de Basquete) lamentou a morte de Artur.

"A CBB lamenta profundamente a morte do jovem Artur Bandiera, de 15 anos, atleta da base do Regatas Campineiro-SP, nos EUA. Artur é filho do técnico da base do clube, Marcelo Bandiera, um apaixonado pelo basquete como toda a família. Nossos pêsames, pensamentos e orações!", escreveu a entidade.

Basquete