PUBLICIDADE
Topo

Paparazzi

Sósia de Neymar cobra até R$ 7 mil e precisa se tatuar para manter trabalho

Eigon (e) e Neymar (d) em evento de 2018 - Reprodução/Instagram
Eigon (e) e Neymar (d) em evento de 2018 Imagem: Reprodução/Instagram

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

02/11/2021 04h00

No mês passado, Eigon Oliveira causou alvoroço em shopping da cidade de São Paulo. O motivo? Ele é sósia do Neymar. As pessoas que estavam passeando pelo local formaram filas enormes para chegar perto "do ídolo" e só depois descobriram que não era o atleta do Paris Saint-Germain.

A semelhança é, sim, mera coincidência. Eigon é sósia de Neymar há nove anos. Tudo começou quando o paulistano da Mooca — bairro da zona leste de São Paulo — trabalhava como garçom e lavador de motos. Um grupo de motociclistas de Santos notou que o jovem era muito parecido com o atleta e sempre zoava com a situação. A brincadeira virou coisa séria e, hoje, Eigon cobra até R$ 7 mil por evento.

"O meu patrão me deu a ideia de profissionalizar. Tiramos umas fotos, ele colocou em uma agência de sósias e foi surreal. No dia seguinte, aprovaram o meu perfil e três dias depois me chamaram para fazer o Zorra Total, da Globo. Fiquei cinco anos gravando lá", contou Eigon em entrevista ao UOL.

"Eu trabalho e me sustento apenas com isso. Trabalho para diversas plataformas, como o Tik Tok. No Instagram, sou contratado por empresários para divulgar marcas e tudo mais. Eu também sou dublê: já gravei mais de 20 publicidades com o Neymar para fazer aprovação de roupa, preparação de câmera e tudo mais", acrescentou.

Neymar e Eigon têm 29 anos de idade. Eles também têm alturas similares: o jogador, 1,75m e sósia, 1,77m. Quando o assunto é coração, os dois se diferenciam, porque o artista é casado e o atleta é solteiro.

Além de estudar todo o comportamento do atleta do PSG, Eigon precisou investir em algumas mudanças estéticas. A principal delas foi tatuar seu corpo com os mesmos desenhos que Neymar. A partir de 2014, o sósia começou a perder alguns trabalhos justamente pela falta de tattoos.

"Eu sempre gostei de tatuagem. Ano de Copa costuma aparecer muito trabalho. E, na Copa de 2014, notei que estava perdendo alguns trabalhos em testes justamente porque não tinha as tatuagens do Neymar. Cara, eu sou fã, sou sósia, isso me tornou um profissional, então por que não aderir as mesmas tatuagens do cara? Tem gente que tatua até o nome dele no beiço, por que, então, não fazer as tatuagens dele?", explicou Eigon.

"Tenho praticamente todas tatuagens que ele tem. Dentro do braço tenho algumas, tenho as do pescoço. Onde as câmeras mais pegavam, eu resolvi fazer igual. Aí, foi batata. Só de fazer, comecei a pegar muito mais trabalho por causa disso", completou.

Além de realizar trabalhos como dublê em publicidades, Eigon já fez participações nas novelas "A Regra do Jogo" e "Malhação", do Grupo Globo, junto com Neymar. Segundo o sósia, o jogador sempre foi simpático durante os encontros que tiveram.

E quanto que o sósia cobra pelos eventos? "Antigamente, eu cobrava 700 reais para ir em aniversários ou fazer presenças VIPs. Os valores mudaram de anos para cá. Hoje, eu cobro de R$ 2,5 mil a 3 mil para fazer uma sequência de três Instagram Stories. Agora, com o retorno dos eventos, eu cobro de R$ 6 mil a 7 mil para ficar de três a quatro horas", revelou.

Paparazzi