PUBLICIDADE
Topo

Vôlei

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Juca Kfouri: Quem aplaude homofóbicos comete o mesmo crime

Do UOL, em São Paulo

29/10/2021 16h13

A cada sexta-feira no podcast Posse de Bola, Juca Kfouri elege os vencedores do troféu "Ratão de Bronze", apontando aqueles que foram destaques negativos na semana e no episódio #172 a escolha do colunista do UOL foi a homofobia de Mauricio Souza, jogador de vôlei que teve seu contrato rescindido com o Minas Tênis Clube devido a uma publicação de teor homofóbico nas redes sociais e a sustentação de que aquilo era apenas a sua opinião.

O jornalista apontou para o "Ratão de Bronze" não apenas a atitude de Mauricio Souza, mas também as daqueles que lhe deram apoio nas redes sociais, como Matheus Bachi, filho de TIte e auxiliar da seleção brasileira, e Felipe Melo, volante do Palmeiras.

"Mauricio do vôlei, para mim, é o bicampeão olímpico Maurício, que foi o maior levantador da história do voleibol. Do mesmo modo que Maurício, para mim, é aquele, campeão em Barcelona e depois campeão em Atenas, do mesmo modo, Ana do vôlei, para mim, é a Ana Moser, medalhista de bronze, primeira equipe feminina do Brasil que foi medalhista de bronze. O outro e todos aqueles que deram 'like' para ele, inclusive o filho do senhor Tite, Felipe Melo e tudo mais, a eles um 'Ratão de Bronze' e um aplauso à hipocrisia", diz Juca.

"Porque quem gerou isso tudo disse que era contra a erotização dos quadrinhos, para que a erotização não atingisse as crianças, mas aí ele põe um beijo na boca da Mulher-Maravilha com o Super-Homem. Essa erotização pode, outra não pode. Então é isso, homofobia é crime e como tal deve ser tratada. Quem aplaude homofóbicos comete o mesmo crime. A eles este 'Ratão de Bronze', embora o que eles mereçam mesmo eles sabem e eles têm muito medo, porque eles sabem que o que eles querem é aquilo que os atemoriza", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Vôlei