PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Autor de post homofóbico é campeão olímpico e ganhou 7 títulos pela seleção

Mauricio Souza ataca por cima de bloqueio norte-americano - Divulgação/FIVB
Mauricio Souza ataca por cima de bloqueio norte-americano Imagem: Divulgação/FIVB

Do UOL, em São Paulo (SP)

27/10/2021 18h05

Por causa de postagens homofóbicas em sua rede social, o jogador Maurício Souza foi demitido pelo Minas da equipe de vôlei do clube. No último dia 15, o central havia postado em sua conta no Instagram críticas referentes à revelação que o atual Superman, Joe Kent, é bissexual. Após sua manifestação, fãs de vôlei em geral cobraram um posicionamento do clube e de seus patrocinadores. Pressionado, o jogador teve de escrever um pedido público de desculpas. Mas afinal, quem é o jogador que criou tanta polêmica e acabou se tornando um dos principais assuntos nos últimos dias?

'Mau', como é chamado pelos companheiros de equipe, nasceu em Itumara, Minas Gerais, e tem 33 anos. Apesar de ser um nome recorrente na seleção brasileira, o jogador ficou famoso fora do círculo do vôlei depois de manifestar seu apoio público ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

Após a derrota para a Argentina na disputada da medalha de bronze, nas Olimpíadas de Tóquio 2020, ele foi recebido pela família Bolsonaro no Palácio do Planalto, em Brasília —o jogador presenteou o presidente com camisas da seleção. Antes mesmo disso, Maurício já havia viralizado ao lado do também jogador Wallace de Souza, por uma foto na qual faziam o número "17" (usado por Bolsonaro) com os dedos na época da corrida presidencial.

Essa não é a primeira vez que Maurício vira assunto por mensagens homofóbicas. Em 2014, ele disse: "Querem mostrar e colocar na cabeça dos brasileiros que trair a mulher, ser gay, entre outras coisas, é normal e é legal ser e fazer essas coisas. Não sou preconceituoso, longe disso. Mas prefiro que meu filho não veja esse tipo de coisa e saiba que ter uma mulher, construir uma família e ter valores é o certo. Foi o que meu pai me ensinou, é assim que tem que ser. Fica esperto e não deixa seus filhos ver essas coisas".

Ele também já afirmou: "Sou do tempo que fumar era bonito e dar a bunda era feio! Hoje fumar é feio e dar a bunda é bonito! Sorte que sou velho. Graças a Deus".

Sua primeira convocação para a seleção brasileira principal foi em 2013, quando Bernardinho era o técnico. Maurício disputou a edição da Liga Mundial daquele ano, e o Brasil ficou com a prata. Como principais conquistas, ele tem os Jogos Olímpicos Rio 2016, a Copa do Mundo no Japão, em 2019, e a Liga das Nações, em Rimini, neste ano. No total, ele tem sete títulos com a seleção nos principais torneios internacionais de vôlei.

Confira as conquistas de Maurício Souza com o Brasil:

Jogos Olímpicos
Ouro no Rio 2016

Jogos Pan-Americanos
Ouro em Guadalajara 2011

Copa do Mundo
Ouro no Japão em 2019

Copa dos Campeões
Ouro no Japão em 2013

Copa Pan-Americana
Ouro no México em 2013

Liga das Nações
Ouro em Rimini em 2021

Campeonato Sul-Americano
Ouro em Cabo Frio em 2013

Esporte