PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Glenda diz que mãe vetou papel em minissérie da Globo por cena de nudez

Glenda Kozlowski afirmou que queria ser atriz na adolescência - Reprodução/Flow Sport Club
Glenda Kozlowski afirmou que queria ser atriz na adolescência Imagem: Reprodução/Flow Sport Club

Do UOL, em São Paulo

26/10/2021 15h18

Glenda Kozlowski contou que foi chamada para fazer um teste para atuar na minissérie Sex Appeal, da Globo, no início dos anos 1990. Porém, a mãe dela não autorizou a filha, então menor de idade, porque o papel tinha algumas cenas de nudez lateral.

Glenda disse que queria ser atriz na adolescência e fez aulas de dança, canto e teatro. Ela chegou a trabalhar em uma minissérie da Rede Manchete, em um filme de surfe e em outro dos Trapalhões.

"Eu fui tetracampeã mundial (de bodyboarding) em 1991 e, em 1992, precisava tomar uma decisão na vida, negócio de faculdade, aquela coisa toda, e fui chamada para fazer a Sex Appeal, minissérie da Globo que lançou a Luana Piovani. Só que a personagem que eu ia fazer tinha algumas cenas de nu lateral. Não era peladona, mas tinha algumas nuances, alguns desenhos", afirmou em entrevista ao podcast Flow Sport Club.

"Eu era menor de idade e precisava de autorização dos meus pais. Minha mãe falou: 'eu não criei minha filha para aparecer pelada na TV Globo'. Eu falei: 'mas mãe, eu vou fazer 18 anos agora, é a minha profissão'. Ela disse: 'não é sua profissão, meu amor. Você espera fazer 18 anos, aí a vida é sua e vai fazer o que você quiser. Mas, agora, nesses seis meses, não vai rolar'", declarou.

Glenda ainda disse que, na mesma semana, foi chamada pelo canal Top Sports, antigo SporTV, para apresentar um programa.

"Eles me chamaram porque, um ano antes, eu cheguei a fazer piloto para apresentar o Esporte Espetacular. Eu tinha 16 anos. Acho que eles acharam que seria um pouco ousado demais colocar uma garota, surfista, loira, maluca, falando um monte de coisa com o Fernando Vanucci."

UOL Esporte vê TV