PUBLICIDADE
Topo

Bronca, empurrão e xingamento: os vazamentos de áudios e vídeos da Globo

Cléber Machado foi flagrado dando um leve empurrão em Caio Ribeiro durante um jogo do Palmeiras em 2011
Cléber Machado foi flagrado dando um leve empurrão em Caio Ribeiro durante um jogo do Palmeiras em 2011
Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

13/10/2021 04h00

Um suposto áudio de Galvão Bueno chamando Neymar de "idiota" após um jogo da seleção brasileira deu o que falar nas redes sociais neste feriado.

A polêmica, aliás, desencadeou reações negativas até da irmã e do pai do atacante, que saíram em defesa do camisa 10.

Continua depois da publicidade

Cuidado aí!

Não foi a primeira vez que um áudio da TV Globo vazou durante transmissões esportivas. O UOL Esporte reuniu algumas gafes que assustaram os telespectadores. Segue a thread!

"Tô indo embora"

Pivô da recente polêmica, Galvão viveu outros momentos de apreensão por ter um áudio exposto sem querer.

Em julho, na final da Eurocopa, o narrador demonstrou incômodo com a aparente correria para o encerramento do evento na Globo.

Me desculpa, isso é absurdo. Não se encerra assim. Não, sério. Tô indo embora"
Galvão Bueno

Mais Galvão...

Pouco tempo depois, durante uma transmissão de futebol nas Olimpíadas de Tóquio, o locutor fez um pedido inusitado pouco depois de "chamar" uma reportagem - e sem saber que estava no ar:

Continua depois da publicidade
"Eu quero um programa pra mim, domingo"
Galvão Bueno,

Não se sabe se a tal solicitação era para substituir Faustão em uma atração fixa ou apenas algo especial no dia de encerramento dos Jogos, mas a atitude, claro, deu o que falar...

No fim das contas, os domingos da tarde da Globo ficaram mesmo com Luciano Huck.

Calma aí, Cléber!

Há dez anos, Cléber Machado foi flagrado empurrando o colega Caio Ribeiro em uma transmissão de jogo do Palmeiras na Copa do Brasil.

O narrador tentou tirar o comentarista da cena para chamar o ex-árbitro Renato Marsiglia. Ao notar que as imagens estavam no ar, brincou com a gafe.

Relembre o momento

Continua depois da publicidade

Essa é clássica!

Quem não se lembra do Milton Leite chamando o ex-goleiro e hoje técnico Rogério Ceni de "chato pra c..."?

O fato aconteceu ainda no final dos anos 2000 e, neste ano, voltou a ser lembrado pouco antes da demissão do treinador do Flamengo.

Como é?

Bônus: Galvão e Pelé

Não dava pra acabar a thread sem Galvão, né? Durante a Copa do Mundo de 1994, o narrador se irritou com a confusão em torno das constantes entradas do Rei do Futebol na transmissão.

A cena, eternizada entre os torcedores, foi flagrada por uma parabólica.

"Só se eu matar ele, cara!"

UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV