PUBLICIDADE
Topo

Qual jogo do Corinthians segurança via em filme de caso Von Richthofen

Cena de Flamengo x Corinthians no filme do caso Von Richthofen
Cena de Flamengo x Corinthians no filme do caso Von Richthofen
Reprodução

Do UOL, em São Paulo

28/09/2021 04h00

Antes do momento mais tenso de "A Menina Que Matou Os Pais" e "O Menino Que Matou Meus Pais", filmes sobre o caso von Richthofen, um detalhe chama a atenção.

Na cena que antecede os assassinatos dos pais de Suzane von Richthofen, um segurança aparece assistindo a um jogo do Corinthians.

"... e vem o time do Corinthians..."

O áudio é escutado no momento em que Suzane von Richthofen (interpretada por Carla Diaz) e os irmãos Daniel e Cristian Cravinhos (Leonardo Bittercourt e Allan Souza Lima) se aproximam da casa onde o crime aconteceu.

Continua depois da publicidade

Para quem não lembra...

O assassinato ocorreu em São Paulo, no dia 31 de outubro de 2002, e foi inicialmente tido como latrocínio. Posteriormente, os três confessaram o crime.

O julgamento, em 2006, condenou Suzane e Daniel a 39 anos e 6 meses de prisão. Já Cristian recebeu pena de 38 anos e 6 meses.

Mas, afinal, qual era o jogo?

Bom, a partida que aparece rapidamente nas imagens dos filmes é Flamengo x Corinthians.

As equipes se enfrentaram na véspera do crime, no dia 30 de outubro de 2002, pelo Campeonato Brasileiro. O Corinthians venceu por 1 a 0 com gol do atacante Guilherme.

Vale explicar que, apesar do crime ter sido cometido no dia 31, os três — Suzane, Daniel e Cristian — se encontraram por volta das 23h20 do dia 30 (data de Fla x Corinthians).

Juntos, seguiram para a mansão dos von Richthofen. O crime foi cometido pelos irmãos armados com barras de ferro.

Crime revoltou população

O caso von Richthofen continua causando discussão, mesmo após 20 anos. À época, quando os irmãos Daniel e Cristian Cravinhos assassinaram o engenheiro Manfred e a psiquiatra Marísia, a mando da filha do casal, Suzane von Richthofen, só se falava sobre as mortes.

Continua depois da publicidade
suzane - Luciana Cavalcanti/Folhapress - Luciana Cavalcanti/Folhapress
Os irmãos Cristian e Daniel Cravinhos de Paula e Silva e a estudante Suzane Louise von Richthofen, confessam a participação no assassinato dos pais de Suzane, Marísia e Manfred von Richthofen em 2002
Imagem: Luciana Cavalcanti/Folhapress

Como estão...

Suzane segue presa até hoje. Em 2015, a Justiça aceitou o pedido para o regime semiaberto.

Já Daniel progrediu ao semiaberto em 2013 e para o aberto em 2018. Cristian, em regime aberto a partir de 2017, voltou ao presídio em 2018, quando recebeu uma sentença por corrupção.

Esporte

Esporte