PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Jon Jones promete abandonar álcool após prisão: 'Vou deixar no passado'

Jon Jones foi preso na semana passada acusado de violência doméstica - Jeff Bottari/Zuffa LLC/Getty Images
Jon Jones foi preso na semana passada acusado de violência doméstica Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

28/09/2021 23h11

O lutador Jon Jones se pronunciou pela primeira vez após ter sido preso acusado de violência doméstica. Em publicação nas redes sociais, o ex-campeão do UFC prometeu "deixar o álcool no passado".

"Eu tenho muito trauma para consumir álcool", escreveu em publicação nos Stories do Instagram. "Meu cérebro simplesmente não aguenta mais. Vou deixar o álcool no meu passado para sempre. Agora é a hora de trabalhar mais do que nunca."

"Transformar este pesadelo na melhor coisa que já aconteceu na minha vida. O que o diabo significa para o mal, Deus significa para o bem. Voltar para o meu cavalo", acrescentou.

Segundo o site TMZ, Jon Jones teria batido a própria cabeça no carro da polícia ao ser detido por violência doméstica. A publicação teve acesso ao boletim do ocorrência, em que o lutador é acusado de agressão por ter puxado a noiva, Jessie Moses, pelo cabelo, na última sexta-feira (24) em Las Vegas.

O boletim ainda relata que foram encontrados indícios de sangue na camisa e na boca de Jessie, encontrada com os lábios inchados. Apesar da prisão, Jones pagou fiança e responderá às acusações em liberdade.

MMA