PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Haas mantém pilotos, e F1 tem grid quase fechado para 2022; veja duplas

Mick Schumacher e Nikita Mazepin vão continuar defendendo a escuderia norte-americana no ano que vem - Joe Portlock/Getty Images
Mick Schumacher e Nikita Mazepin vão continuar defendendo a escuderia norte-americana no ano que vem Imagem: Joe Portlock/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

23/09/2021 08h26

A Haas anunciou, na manhã de hoje, a manutenção da dupla Mick Schumacher e Nikita Mazepin para a temporada de 2022 da Fórmula 1.

Única escuderia a não marcar pontos na atual temporada, a empresa norte-americana, que está oficialmente na categoria desde 2016, se mostrou otimista para o ano que vem ao confirmar os pilotos.

"Estamos confiantes de que podemos avançar como equipe e dar a Mick e Nikita um pacote competitivo de corrida para dar o próximo passo em suas carreiras de Fórmula 1", informou a equipe em suas redes sociais.

Os pilotos - que não são melhores amigos - também falaram sobre as renovações ao site da Haas e não citaram os parceiros. "Estou vivendo um sonho e fico animado em fazer parte de uma equipe que está cada vez mais forte. Farei tudo o que puder do meu lado para nos levar adiante", disse Schumacher.

"Estou muito animado para o próximo ano, o novo carro e simplesmente para ter a oportunidade de crescer junto com a Haas. Acho que sairemos fortes no próximo ano", falou Mazepin.

Resta uma vaga

Com o anúncio não tão inesperado da Haas, a Fórmula 1 tem, na prática, uma vaga em aberto para a próxima temporada: e ela é da Alfa Romeo.

A antiga Sauber, que já confirmou a contratação de Valteri Bottas para 2022, ainda não decidiu se continua com Antonio Giovinazzi ou busca algum outro piloto para fazer dupla com o finlandês - Raikkonen já anunciou aposentadoria.

Com isto, o grid de 2022 está assim:

  • Mercedes: Hamilton e Russell
  • Red Bull: Verstappen e Pérez
  • McLaren: Ricciardo e Norris
  • Ferrari: Leclerc e Sainz
  • Alpine: Alonso e Ocon
  • Aston Martin: Vettel e Stroll
  • AlphaTauri: Gasly e Tsunoda
  • Alfa Romeo: Bottas e (vaga aberta)
  • Williams: Albon e Latifi
  • Haas: Schumacher e Mazepin

Fórmula 1