PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Impasse faz astro da NBA arriscar R$ 1,2 milhão por jogo para mudar de time

Ben Simmons foi draftado pelos 76ers em 2016 e renovou contrato há dois anos, mas já não quer seguir na equipe - David Dow/NBAE via Getty Images
Ben Simmons foi draftado pelos 76ers em 2016 e renovou contrato há dois anos, mas já não quer seguir na equipe Imagem: David Dow/NBAE via Getty Images

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

22/09/2021 04h00

Ben Simmons não deve jogar mais pelo Philadelphia 76ers. O astro da NBA estaria farto das críticas que recebe na equipe e, segundo a imprensa norte-americana, não planeja sequer aparecer no período de treinos de pré-temporada. É sua última cartada para forçar uma troca para outro time, mas a estratégia pode lhe custar até R$ 1,15 milhão por jogo.

Simmons vem de um ano para esquecer, não tanto pela temporada regular, mas pelas atuações nos playoffs. Ele nunca havia jogado e pontuado tão pouco no mata-mata, e o desempenho nos lances livres foi tão ruim que virou piada e passou a ser explorado como estratégia pelos adversários (só 34% de acerto). Apontado como o maior responsável pela eliminação, o jogador teve até camisas com seu nome queimadas na Filadéldia. Por isso ele se fartou e quer mudar de equipe.

De acordo com a ESPN norte-americana, Ben Simmons nem vai aparecer no início dos treinos de pré-temporada, na terça-feira (28). Seria uma decisão irrevogável, comunicada aos 76ers no mês passado, na última interação que o jogador de 25 anos teve com a equipe. O ultimato, porém, pode sair caro.

O Acordo de Negociação Coletiva, documento que dita as regras dos contratos dos jogadores da NBA, prevê multa de até 0,69% do salário base a cada partida (seja oficial ou de pré-temporada) em que um jogador "se recusar a prestar seus serviços sem justificativa razoável". No caso de Ben Simmons, que receberia 31,5 milhões de dólares nesta temporada, a multa equivale a US$ 217 mil por jogo (ou R$ 1,15 milhão).

Quanto aos treinos, as multas são diárias: US$ 2,5 mil na primeira vez que faltar, US$ 5 mil na segunda e US$ 7,5 mil na terceira; a partir da quarta, é o time quem define. Como os 76ers têm jogos de pré-temporada marcados para os dias 4, 7, 11 e 15 de outubro, a multa pode se aproximar dos R$ 5 milhões antes mesmo de a temporada começar —mas apenas se Ben Simmons for jogador dos 76ers até lá.

Em litígios como este, a tendência recente na NBA é que o jogador force a barra até finalmente ser trocado, geralmente por bem menos do que valeria em condições normais. A diferença no caso de Ben Simmons é que ele ainda tem quatro anos de contrato e quase US$ 150 milhões para receber dos 76ers. Até aqui, o time da Filadélfia já recusou propostas de Golden State Warriors, San Antonio Spurs e Toronto Raptors.

Basquete