PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex-jogador de futebol é sequestrado e encontrado morto em Mato Grosso

Ex-jogador de futebol é sequestrado e encontrado morto horas depois em Sinop (MT) - Reprodução/ Instagram
Ex-jogador de futebol é sequestrado e encontrado morto horas depois em Sinop (MT) Imagem: Reprodução/ Instagram

Simone Machado

Colaboração para o UOL

18/09/2021 15h38Atualizada em 20/09/2021 10h12

O ex-zagueiro Willian Santana, de 21 anos, foi encontrado morto no final da tarde de ontem, em Sinop, cidade a 500 km de Cuiabá. O jovem estava desaparecido desde a noite do dia anterior, quando foi sequestrado no momento em que chegava em casa para se arrumar para ir a um casamento.

Segundo a Polícia Civil, a família do ex-jogador procurou a delegacia relatando que, na noite de quinta-feira (16), Willian e a namorada chegavam na casa onde o jovem mora, na avenida dos Ingás, quando um carro preto parou e abordou o ex-jogador. Quatro homens, um deles encapuzado, o teriam obrigado a entrar no veículo e deixaram o local, em seguida.

Muito nervosa, a namorada do ex-jogador contou aos policiais que não conseguiu entender o que os rapazes disseram e nem ver se eles estavam armados.

Após mais de 12 horas do desaparecimento do ex-jogador, a Polícia Militar prendeu um homem suspeito pelo crime. Ele usava tornozeleira eletrônica e foi possível ver que o suspeito esteve próximo à casa da vítima no momento do sequestro. Um adolescente suspeito de participação também foi levado para a delegacia.

Com a prisão de duas pessoas, a polícia conseguiu localizar o corpo de Willian, que estava em uma região de mata nas proximidades do rio 15, às margens da BR-163. Havia marcas de tiros no corpo do jovem.

Segundo a Polícia Militar, um dos suspeitos confessou ter participado do crime. Ele teria relatado ainda que sequestrou e matou o ex-jogador a mando de uma facção criminosa e o motivo seria que Willian teria assediado uma mulher.

A reportagem do UOL tentou contato com a família do ex-jogador, mas os familiares não atenderam às ligações e nem responderam às mensagens.

A Polícia Civil segue investigando o caso na tentativa de identificar mais envolvidos.

Willian era ex-zagueiro do Sinop Futebol Clube, onde atuou em 2018, 2019 e 2020, tendo passagens no profissional e também na categoria de base. Ele disputou 11 jogos da Série D do Campeonato Brasileiro, sendo a maioria como titular. Willian também jogou a Copa Verde e o Campeonato Mato-grossense.

Esporte