PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Fã da F1 foi preso após GP da Holanda por ser confundido com mafioso

Torcida holandesa nas arquibancadas de Zandvoort na classificação para o GP da Holanda - Twitter/Fórmula 1
Torcida holandesa nas arquibancadas de Zandvoort na classificação para o GP da Holanda Imagem: Twitter/Fórmula 1

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/09/2021 11h02

Mark L, um fã britânico da Fórmula 1, viveu uma situação muito complicada quando estava visitando Zandvoort para assistir ao Grande Prêmio da Holanda. Mark acabou sendo preso ao ser confundido com o mafioso Matteo Messina Denaro, procurado desde 1993.

O britânico depois do GP estava comendo em um restaurante em Haia com seu filho e um amigo, quando a polícia chegou. Ele foi preso sob a mira de uma arma, vendado e levado para o EBI em Vught - a prisão mais vigiada na Holanda - por ter sido confundido com o chefe da máfia italiana.

A situação pareceu cena de filme, o dono do restaurante descreveu: "De repente, havia sete carros na frente do negócio. Policiais armados. Eles nem ligaram antes do tempo! Não era mesmo normal."

Apesar do susto, Mark foi solto depois que sua identidade foi verificada. O Ministério Público holandês relatou: "O detido declarou ser um cidadão inglês e não a pessoa reclamada pela Itália. O resultado da investigação, que foi realizada por meio de um procedimento acelerado, foi negativo", e acrescentou que o promotor emitiu uma solicitação de liberação imediata.

Matteo Messina Denaro, chefe da máfia Cosa Nostra, é considerado o mais poderoso de toda a Europa.

Fórmula 1