PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Em documentário, Schumi diz que não conseguia dormir após morte de Senna

Michael Schumacher tinha pesadelos com acidente de Senna - Mark Thompson/ALLSPORT
Michael Schumacher tinha pesadelos com acidente de Senna Imagem: Mark Thompson/ALLSPORT

Do UOL, em São Paulo

10/09/2021 10h16

Michael Schumacher teve problemas para dormir por causa da morte de Ayrton Senna. No documentário sobre a vida e carreira do ex-piloto, a esposa de Schumacher, Corinna, revelou que o alemão não conseguia superar o acidente no Grande Prêmio de San Marino, em Ímola, na Itália, que resultou na morte do brasileiro.

"Michael se perguntava se agira da forma certa naquele dia. Foi realmente muito difícil", declarou Corinna. Em gravações com falas do próprio Schumacher, o ex-piloto diz que foi muito afetado pelo acidente e mal conseguia dormir à noite.

"Foi algo muito estranho. Eu acordo durante a noite e durmo talvez três horas por noite", afirmou.

Schumacher diz ainda que não sabia se conseguiria correr de novo sem pensar no acidente de Senna.

Quando o acidente aconteceu, em 1994, Senna tentava se manter à frente do alemão durante a corrida. Na época, os pilotos demoraram a saber da gravidade do acidente, e consequente morte do brasileiro, o que fez com que a corrida continuasse e Schumacher saísse como vencedor.

Hoje, o ex-piloto alemão está isolado da mídia após ter sofrido um acidente de ski em 2013. A família não dá detalhes sobre o estado de saúde de Schumacher e o documentário, com lançamento para o próximo dia 15, será a grande aparição da família desde o acidente.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi informado no texto, Senna estava à frente de Schumacher no momento do acidente, e não atrás. O erro foi corrigido.

Fórmula 1