PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Boliche, Vettel desafiador e JN na Band: veja as frases do GP da Hungria

Dan Istitene - Formula 1/Formula 1 via Getty Images
Imagem: Dan Istitene - Formula 1/Formula 1 via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

02/08/2021 04h00

O GP da Hungria costuma ser uma das provas mais previsíveis e tediosas do circuito da Fórmula 1. Porém, a edição de 2021 foi tudo menos isso. A pista molhada e o acidente envolvendo diversos carros logo na largada foram alguns dos ingredientes que tornaram a corrida uma das mais emocionantes dos últimos anos.

Esteban Ocon conquistou sua primeira vitória na carreira na F1 de forma surpreendente e ao mesmo tempo muito segura. O francês largou na oitava posição e aproveitou o fato de sair ileso do acidente causado por Valtteri Bottas nos primeiros segundos de prova.

Os experientes Sebastian Vettel e Fernando Alonso também tiveram grande desempenho. Acontece que, depois, o alemão da Aston Martin seria desclassificado por ter menos combustível do que o ordenado pela regra ao final da corrida.

Quem se beneficiou por isso foi Lewis Hamilton, que, numa corrida de recuperação, ficou com um excelente segundo lugar já que, por causa de um erro grave da Mercedes, chegou a ficar na última posição. Já Max Verstappen, que começou a semana como líder do campeonato, terminou a prova apenas na nona posição. Ele agora está oito pontos atrás do inglês na disputa do Mundial de pilotos.

Confira as frases que marcaram o GP da Hungria

Jornal Nacional na Band?

O comentarista Reginaldo Leme cometeu um deslize durante a transmissão da prova. Ele citou o "Jornal Nacional" durante um comentário, se corrigindo na sequência para "Jornal da Band"

Evidentemente a Mercedes errou, e até disse isso no Jornal Nacional, Sérgio (Maurício, narrador): a única chance do Verstappen ficava naquela da Mercedes errar"

Emoção pela primeira

Esteban Ocon se mostrou muito realizado com a inédita conquista, que valeu muito também para sua equipe, a Alpine, que é bancada pela Renault, mas, na prática, funciona como uma equipe estreante:

Que momento. É tão bom. É obviamente a primeira vitória desde que o grupo Renault voltou à Fórmula 1. Tivemos alguns momentos difíceis nesta temporada, mas que superamos juntos como equipe."

Elogios a Alonso

O vencedor do GP da Hungria aproveitou para elogiar Fernando Alonso, seu companheiro de equipe, que terminou também de forma surpreendente em quinto lugar. Aos 40 anos, o espanhol bicampeão mundial retornou à F1 para tentar deixar uma nova imagem. Em Hungaroring, ele cumpriu um papel também de escudeiro para Ocon.

Parabéns ao Fernando também, porque acho que essa vitória também passou por ele, aos duelos que ele teve. É um trabalho de equipe, no final. Tem sido muito bom trabalhar com ele. Estamos fazendo uma parceria muito boa, trabalhando junto com a equipe. Muita gente me falou mal dele, mas a verdade é que ele está sendo um cara muito legal"

"Belo jogo de boliche"

Charles Leclerc teve que deixar a corrida por causa da colisão com Lance Stroll, na bagunça que foi a primeira volta. Sempre rápido em suas reações nas redes sociais, ele postou em sua conta oficial do Twitter a seguinte mensagem irônica e inconformada. Era como se os carros que custam milhões de dólares tivessem virado pinos de boliche após a barbeiragem de Bottas:

Belo jogo de boliche. Realmente muito frustrante"

Erro muito grande

Sergio Pérez foi um dos diversos pilotos que tiveram que abandonar a prova. O mexicano da Red Bull fez questão de apontar um só culpado para toda aquela situação em entrevista à Band:

O Bottas fez um erro muito grande, está muito claro para mim."

Pérez não é muito conhecido também por maneirar à frente dos microfones. Depois, ele ainda decidiu xingar o finlandês da Mercedes:

Que grande idiota."

Mea culpa

Também em entrevista ao canal Bandeirantes, Bottas assumiu o erro:

O carro perdeu a tração na saída da curva, e eu perdi o controle e travei as rodas. Com certeza foi minha culpa. Fui falar pro Norris que ele tirou os outros carros por minha culpa."

Aviso de Hamilton

A relargada foi histórica e inusitada já que todos os pilotos foram para os boxes —menos Hamilton. O erro da Mercedes impactou todo o desempenho do britânico, que acabou perdendo a liderança e voltando nas últimas posições, precisando batalhar por um lugar no pódio.

É uma loucura pensar que éramos os únicos no grid para largar, mas essas coisas acontecem. Dei tudo o que tinha no final, não sobrou nada. Eu estava falando para a equipe sobre como estava a pista, mas eles disseram que tinha chuva vindo, então achei que tivessem outras informações. Considerando as circunstâncias de hoje, eu aceitei"

Vettel manda recado

Segundo lugar no GP da Hungria com a Aston Martin, Sebastian Vettel foi chamado até a sala dos comissários para dar explicações sobre alguns protestos feitos durante este fim de semana. O alemão correu com um capacete diferente e fez questão de usar uma camiseta e máscara com as cores do arco-íris antes da corrida. Tudo parte de um protesto em defesa da comunidade LGBTQIA+, que vem sofrendo com duras restrições do governo húngaro.

Eu não respeitei o procedimento? Me desclassifique então. Eu quis emitir uma mensagem ao governo. Um governo que ao invés de proteger seu povo, os ameaça. Estou pronto para encarar as consequências."

No final, Vettel foi realmente desclassificado pela direção de prova, mas pelo fato de seu carro ter acabado a corrida com um volume de combustível inferior ao exigido em regulamento.

Esporte