PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Corrida de recuperação de Hamilton tem duelo eletrizante com Alonso

Alonso e Hamilton fizeram grande duelo no terço final do GP da Hungria - Lars Baron/Getty Images
Alonso e Hamilton fizeram grande duelo no terço final do GP da Hungria Imagem: Lars Baron/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

01/08/2021 12h14Atualizada em 01/08/2021 13h20

O GP da Hungria vencido por Esteban Ocon reservou diversos momentos marcantes desta temporada da Fórmula 1, e um deles foi o intenso duelo entre Fernando Alonso e Lewis Hamilton. Um revival, já que o inglês estreou na categoria em 2007, pela Mclaren, e o espanhol era seu companheiro de equipe, e os dois se estranharam muito naquele período.

Em corrida de recuperação, Hamilton se aproximou de Alonso em busca da quarta posição e, quem sabe, um lugar no pódio. Foram ao menos três fechadas do espanhol, impedindo o atual campeão da F1 de tomar sua posição. Por diversas voltas Hamilton tentava de tudo, porém o experiente piloto da Alpine, bicampeão da modalidade, mostrou todo seu talento com um carro infedrior.

A ultrapassagem só aconteceu na volta 65, quando o espanhol errou durante uma freada, dando a brecha para a investida decisiva de Hamilton. Uma parte da torcida que estava acompanhando na arquibancada vibrou, após a troca de posição em uma disputa eletrizante.

A ida de quinto para quarto lugar era muito importante para o piloto britânico já que ganharia dois pontos a mais (de 10 para 12) na classificação do campeonato geral, que antes dessa prova era liderado por Max Verstappen, da Red Bull. No fim, Hamilton terminou a corrida na terceira posição, assumindo a liderança do Mundial com seis pontos de vantagem.

Vale lembrar que essa é uma temporada de retorno de Alonso, 40 anos, à Fórmula 1, já que ele tinha deixado a categoria no final de 2018, quando estava na McLaren. Essa é a terceira passagem do espanhol na modalidade.

Esporte