PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Neto critica diretoria do Corinthians por multar Jô: 'Não tem moral'

Neto, apresentador do Os Donos da Bola - Reprodução/TV Band
Neto, apresentador do Os Donos da Bola Imagem: Reprodução/TV Band

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/06/2021 14h06

Após o empate sem gols entre Bahia e Corinthians, ontem, a diretoria da equipe paulista multou o atacante Jô por atuar com uma chuteira verde, cor proibida no clube. O apresentador e comentarista Neto, da TV Band, afirmou que a atitude dos diretores foi uma barbaridade e opinou que falta moral para que eles deem qualquer punição aos atletas.

"O Corinthians fez uma barbaridade com o Jô. Ontem, vendo pela televisão, até achei que era verde a chuteira, mas é azul. O duro é multar o Jô e não pagar imposto, não pagar salário. Vocês estão de sacanagem! O que eu não aguento é essa mentira!", disse Neto, no Os Donos da Bola, hoje.

"Se fosse verde, não seria legal. Mas ele já usou no treino. O que mais me deixa estarrecido é que essa diretoria, que vem do Andrés, multa o Jô enquanto não paga imposto, não paga fornecedor, tem quatro meses de salário atrasado. E, para fazer graça com a torcida, multa o Jô. Vai plantar batata no meio do olho do caju", continuou.

Após rever a imagem da chuteira e enxergar os detalhes em verde na sola e na marca do fornecedor, Neto reconheceu que Jô errou ao escolher o calçado, mas manteve as críticas à direção corintiana, citando os feitos de Jô pelo clube.

"Vocês não têm moral para fazer isso com o Jô. Ele veio lá de baixo. É ídolo do Corinthians. Deu o título brasileiro de 2017, 4º maior artilheiro de Brasileiro, o mais jovem a vestir a camisa do Corinthians. E a chuteira é azul. Nem é verde. E vem a diretoria e decide multar. Alessandro, que diretor é você que não defende o jogador?", disse.

"Tem detalhes em verde a chuteira. Acho que não precisava. O Jô foi juvenil", completou.

UOL Esporte vê TV