PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Flavio Gomes: "Mercedes tem hoje um problema sério: o segundo piloto"

Do UOL, em São Paulo

20/06/2021 14h51

A temporada da Fórmula 1 não tem sido das melhores para Valtteri Bottas. O piloto da Mercedes terminou o GP da França na quarta posição e não conseguiu segurar Max Verstappen na parte final da corrida. O piloto da Red Bull aproveitou um descuido do rival da Mercedes para se aproximar, ultrapassá-lo e partir para o ataque a Lewis Hamilton, que também foi superado e viu o holandês ganhar a prova.

Na estreia do Fim de Papo F1, live pós-corrida do UOL Esporte - com os jornalistas Fábio Seixas e Flavio Gomes - o piloto finlandês foi criticado pelos comentaristas. Para eles, a Mercedes nunca precisou tanto da colaboração de seu segundo piloto para uma temporada como a de 2021, mas Bottas tem decepcionado.

"Acho que tem um problema sério hoje na Mercedes que é o segundo piloto. É 'dois contra um' o que estamos vendo nesse campeonato. A Red Bull arrumou um segundo piloto. O [Sergio] Pérez ganhou a última prova [o GP do Azerbaijão], foi terceiro colocado hoje e o Bottas, por mais que se esforce e choramingue, é um piloto que está em um nível bem abaixo daquilo que a Mercedes precisaria nesse momento", disse Gomes.

Para Seixas, a Mercedes deveria pensar até em outro nome para a vaga do finlandês. "A Mercedes correu sozinha nos últimos anos. O Hamilton podia ter um cone sentado como segundo piloto que ele seria campeão do mesmo jeito. Se eu fosse a Mercedes, já tinha dado um 'tchau' para o Bottas e teria colocado o [George] Russell [piloto da Williams] no lugar, o [Esteban] Ocon [da Alpine], qualquer garoto com mais vontade de pilotar no lugar do Bottas", avaliou.

Na temporada, Bottas ocupa a quinta posição no Mundial de Pilotos, com 59 pontos. Seu melhor resultado foi o terceiro lugar obtido nas corridas no Bahrein, em Portugal e na Espanha. Já Sergio Pérez venceu uma prova (Azerbaijão) e aparece em terceiro, com 84 pontos.

Gomes também destacou que a equipe alemã praticamente não teve rivais nos anos anteriores, mas agora sofre contra um time com um bom carro e pilotos talentosos. "A Mercedes não começou a temporada tão à frente dos seus adversários e está enfrentando concorrência pesadíssima. A Red Bull é uma equipe que sabe ganhar corridas e campeonatos e tem um piloto excepcional", comentou.

Seixas ressaltou o trabalho de Pérez na comparação com Bottas. "Olha o que Pérez está fazendo nesse ano. Ele começou se adaptando ao carro da Red Bull e, na hora em que pegou a mão, venceu uma corrida e hoje, faltando quatro voltas para o final, deixou o Bottas para trás. Hoje não ficou pelo Bottas. Ele não tinha como segurar o Verstappen, nem o Hamilton. Hoje foi uma corrida de mano a mano", completou.

Não perca! A próxima edição do Fim de Papo F1 será em 27 de junho, logo após o GP da Estíria.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Fórmula 1