PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Reginaldo Leme cita remédios após passar mal, mas tranquiliza: "Tudo bem"

Jornalista é especialista em automobilismo e comenta a Fórmula 1 na Band - Zanone Fraissat/Folhapress
Jornalista é especialista em automobilismo e comenta a Fórmula 1 na Band Imagem: Zanone Fraissat/Folhapress

Beatriz Cesarini e Bruno Madrid

Do UOL, em São Paulo

19/06/2021 12h18

O comentarista Reginaldo Leme, da TV Band, sofreu uma queda de pressão pouco antes da sessão de classificação do GP da França, realizada na manhã de hoje. Em contato com o UOL Esporte, o comentarista esclareceu que estava tomando medicações que podem ter gerado o problema, e afirmou que se sente bem e deve retornar à transmissão amanhã.

"Está tudo bem. Vou fazer alguns exames de sangue, me encher de soro e pronto. Pedi para ir embora do hospital, mas não deixaram. Foram dois dias acordando 4h30 mais os remédios todos que tomei nas últimas quatro semanas pela inflamação no nervo trigêmeo... Não podia ser diferente", falou Reginaldo.

Citado pelo jornalista da Band, o nervo trigêmeo tem função mista: motora e sensitiva. Ele é responsável por controlar, principalmente, a musculatura da mastigação e a sensibilidade facial.

Aos 76 anos, o jornalista não participou da transmissão da emissora do treino que definiu o grid de largada em Paul Ricard. No final da exibição, após o treino, o narrador Sérgio Maurício informou aos telespectadores que Leme "está bem" e "descansando" para a corrida de amanhã.

"Vocês devem ter notado a ausência do Reginaldo Leme. Ele teve um pequeno desconforto, uma queda de pressão. Mas está tudo bem com o Reginaldo, está tudo legal com ele, está descansando para amanhã. Descansa aí meu querido, mestre e amigo Reginaldo Leme", falou o locutor antes de se despedir.

Ainda em contato com a reportagem, o comentarista falou que está repousando para retornar à TV ainda amanhã. "Eu queria voltar [do hospital] para fazer o Jornal da Band, que participo aos sábados de GP, mas eles querem que eu vá pra casa descansar. É o que farei. Amanhã 100%", concluiu.

UOL Esporte vê TV