PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

'O atendimento inicial demorou demais', diz médico sobre desmaio de Eriksen

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/06/2021 14h54

O Coordenador Médico Geral da Copa do Mundo de 2014, Luis Fernando Correia criticou a demora dos serviços médicos na partida entre Finlândia e Dinamarca pela Eurocopa. Após o desmaio sofrido por Eriksen, o jogador foi submetido a uma reanimação ainda no gramado.

"Demorou muito, por isso a angústia. A gente sabe que o tempo que tem que ter, que quanto mais demora a recuperação fica mais difícil. A equipe que chegou tinha que chegar primeiro, antes que o médico do clube. Isso que faltou", disse ele ao SporTV.

"O atendimento inicial demorou muito, demorou demais, não se pode acontecer isso em um jogo da grandeza da Eurocopa."

Ainda no assunto, Luis Fernando comemorou a foto em que o camisa 10 da Dinamarca aparece deixando o gramado com os olhos abertos.

"É uma excelente notícia. O que aconteceu: Ele pode ter tido uma arritmia, isso faz faltar oxigênio para o cérebro. Isso foi quando ele caiu totalmente desprotegido. Se você tem o tempo para reverter isso, é quando você trata com o choque elétrico, aí a pessoa acorda e fica de olho aberto", enfatizou.

Eriksen está acordado e fazendo exames

Segundo a Federação Dinamarquesa de Futebol, Eriksen está acordado e realizando exames no hospital mais próximo do Estádio Parken, em Copenhague, na Dinamarca.

"Christian Eriksen está acordado e fazendo novos exames em Rigshospitalet. A partida está temporariamente adiada. Nova mensagem chega em breve", diz a publicação.

A partida estava empatada por 0 a 0 e foi suspensa temporariamente pela Uefa. O jogo foi retomado quase duas horas depois. Segundo a Uefa, os jogadores das duas seleções pediram para que a partida fosse concluída hoje. Boa parte da torcida permaneceu no estádio, cantando o nome de Eriksen.

UOL Esporte vê TV