PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Zinho sobre polêmica da seleção: 'Próprios jogadores criaram expectativa'

Zinho recorda receio de Paulo Nunes e Juninho em encarar o United no Mundial de Clubes - Reprodução/ESPN
Zinho recorda receio de Paulo Nunes e Juninho em encarar o United no Mundial de Clubes Imagem: Reprodução/ESPN

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/06/2021 13h09

Após dias esperando o posicionamento prometido pelos jogadores da seleção brasileira em relação à polêmica da Copa América, os atletas liberaram um manifesto que não agradou a todos. Mas, para Zinho, toda a situação é lamentável e agora os jogadores encaram as consequências de terem criado uma expectativa grande.

"Gostaria de falar só de futebol, né? Mas, a gente chegou nessa situação, nas últimas semanas, que os próprios jogadores criaram essa expectativa, fizeram um barulho. Se fossem mais diretos e objetivos não teria esse barulho que não é sobre o que aconteceu dentro do campo. E principalmente a fala do Casemiro depois do primeiro jogo, não foi objetivo, mas o tom de voz e a maneira que ele falou aumentou a expectativa", disse o ex-jogador no Bate-Bola Debate.

Zinho lamentou que o jogo da seleção ficou em segundo plano com toda a história do posicionamento dos jogadores e a campanha invicta nas Eliminatórias não está sendo destacada.

"Ficou aquela coisa de que ninguém queria ver o jogo e sim a coletiva. Minha sensação foi que o público viu um jogo com a seleção que tá sobrando, contra o Paraguai que tem um time bem fraco e a vitória, os três pontos, a invencibilidade, que seria lindo de se comentar, todo mundo deixou isso pra segundo plano. Porque queriam ver o que ia ser falado depois do jogo", completou.

UOL Esporte vê TV