PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

GP de Mônaco: treinos livres têm cisco no olho de Vettel e Ferrari líder

Carlos Sainz, da Ferrari, durante os treinos livres para o GP de Mônaco - Eric Gaillard/Reuters
Carlos Sainz, da Ferrari, durante os treinos livres para o GP de Mônaco Imagem: Eric Gaillard/Reuters

Do UOL, em São Paulo

20/05/2021 07h59Atualizada em 20/05/2021 12h00

Os treinos livres para o GP de Mônaco da Fórmula 1, que aconteceram na manhã de hoje, foram marcados por um bom desempenho da Ferrari e um momento para lá de curioso envolvendo Sebastian Vettel, da Aston Martin.

As sessões tiveram as lideranças de Sergio Pérez (Red Bull) e do "dono da casa", o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), respectivamente.

O UOL Esporte fez um resumo do que foram as duas etapas no circuito de rua do principado. Confira:

Cadê a Mercedes?

A primeira sessão teve as duas Mercedes fora do top 3 e problemas no carro do espanhol Fernando Alonso (Alpine).

Realizada às 6h30 (horário de Brasília), a etapa teve Sergio Pérez, da Red Bull, com o melhor tempo: 1m12s487. Carlos Sainz, da Ferrari, e Max Verstappen, parceiro de equipe do líder, ficaram logo atrás.

Lewis Hamilton e Valteri Bottas foram cerca de 0,5 segundo mais lento que os carros da Red Bull e fecharam a sessão na 5ª e 6ª posição, respectivamente.

Outro ponto que chamou a atenção foi Fernando Alonso, da Alpine, que danificou a asa dianteira após uma batida. O espanhol, no entanto, se recuperou e terminou a etapa em 13°.

Cisco no olho

A 2ª sessão teve uma cena rara: no meio da etapa, Vettel comunicou ao rádio da Aston Martin que estava com um cisco no olho.

Apesar do problema, o alemão, que chegou a afirmar que estava com sangramento no local, "superou" a dor e continuou treinando.

Bandeira vermelha

Mick Schumacher, da Haas, ainda causou uma bandeira vermelha após derrapar e tocar o carro contra um dos muros da estreita pista.

Sem grandes destaques, a sessão foi finalizada e teve a liderança de Leclerc, com o parceiro Sainz novamente em 2° e Hamilton em 3°.

O treino oficial que define o grid de largada vai acontecer neste sábado (22), às 10h (horário de Brasília).

Fórmula 1