PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Douglas diz que Pato deveria ter apanhado após cavadinha: 'Um soquinho'

Do UOL, em São Paulo

17/05/2021 23h39

O ex-meia Douglas falou sobre os bastidores da "cavadinha" de Alexandre Pato no Corinthians. O ex-jogador relembrou a fúria dos companheiros após o pênalti desperdiçado pelo atacante em disputa contra o Grêmio na Copa do Brasil de 2013.

Em entrevista ao canal de Duda Garbi no Youtube, Douglas disse que "era pra ter deixado" Pato ser agredido naquela ocasião. Ele contou que o goleiro Danilo Fernandes era um dos mais revoltados com o jogador.

"O Danilo Fernandes queria matar ele. Esperou ele na porta do vestiário. Ia dar um pau nele. Os caras seguraram", disse.

"Todo mundo queria bater nele. Era pra ter deixado, eu acho. Um soquinho... Só um assim. Nem sabe de onde veio", completou em tom de ironia.

Douglas falou ainda sobre momentos de tensão no Corinthians. Ele relembrou uma invasão de torcedores no CT em 2013.

"Em 2013, até o primeiro semestre tava tudo bem, depois no segundo semestre as coisas começaram a desandar. Ganhamos o Mundial [em 2012], o Paulista, a Recopa, e aí no segundo semestre as coisas não davam certo. Foi ladeira abaixo. Uma merda. Era reunião direto com os cara da torcida. Uma pressão do c...", contou.

"Tu se caga todo. Teve uma vez que invadiram lá, ficamos quatro horas trancados no vestiário. Teve cara que ficou trancado na casa de máquina. E os caras procurando. Pegamos um armário e colocamos na frente da porta de vidro. Os caras pegavam a bola, chutava 'é assim que faz gol, p...'", acrescentou.

Douglas teve duas passagens pelo Corinthians — de 2008 a 2009 e de 2012 a 2014. Entre os principais títulos, ele conquistou a Libertadores e Mundial de Clubes de 2012 pelo Alvinegro.

Veja a entrevista na íntegra:

Corinthians