PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

UFC: Gaviões promete festa em aeroporto para Do Bronx após luta pelo título

Charles do Bronx, de máscara vermelha, encontrou a Gaviões da Fiel no aeroporto - Divulgação/Gaviões da Fiel
Charles do Bronx, de máscara vermelha, encontrou a Gaviões da Fiel no aeroporto Imagem: Divulgação/Gaviões da Fiel

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

14/05/2021 04h00

Charles do Bronx tem vivido momentos de jogador de futebol às vésperas de disputar o cinturão dos leves do UFC contra Michael Chandler. Antes de viajar no último sábado (8) para Houston, nos Estados Unidos, o brasileiro contou com o apoio da equipe de jiu-jítsu da Gaviões da Fiel, torcida organizada do Corinthians, que compareceu ao aeroporto em São Paulo para dar duas camisas a Charles.

Corintiano desde pequeno, o lutador do Guarujá, litoral de São Paulo, se surpreendeu com a recepção. Vestido com a camisa "Gaviões Jiu-Jítsu" durante conversa virtual com a imprensa brasileira na última terça-feira (11), Charles se mostrou feliz com o apoio.

Charles do Bronx, durante comemoração do título brasileiro do Corinthians em 2017 - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Charles do Bronx, durante comemoração do título brasileiro do Corinthians em 2017
Imagem: Reprodução/Instagram

"Os caras falaram que iam encostar lá, mas achei que era só para bater uma foto e desejar boa sorte, como outras pessoas fizeram. Mas cheguei lá e o bandeirão estava esticado, a galera torcendo e vibrando. Isso são coisas que te incentivam a se dedicar mais, treinar mais e fazer acontecer. Estou feliz demais", relembrou.

A Gaviões da Fiel planeja outro encontro com Charles do Bronx. Os membros da torcida organizada pretendem recepcionar o brasileiro depois que ele voltar de Houston. A expectativa é que, além das duas camisas da Gaviões, a bagagem de Charles contenha o cinturão dos leves do UFC.

"Quando ele voltar com o cinturão, vamos levar a bateria. Vai ter mais de 100 pessoas lá no aeroporto", promete Má Lidell, diretor de esportes da Gaviões da Fiel.

Lidell foi quem teve a ideia de encontrar Charles no aeroporto. Gleydson Neri, professor de jiu-jítsu da organizada, já conhecia o lutador e ajudou a fazer com que o desejo se tornasse realidade. "O cara é corintiano roxo, é lá do Guarujá. Nada mais justo fazer um troço digno para ele, uma homenagem", prossegue Lidell.

Mesmo tendo dificuldades para acompanhar todos os jogos por causa da rotina de lutador, Do Bronx se considera torcedor fanático do Corinthians. No início do ano passado, ele foi convidado pelo clube para conhecer a Neo Química Arena. "Sempre que dá eu vou aos jogos. Já fiquei na Gaviões, mas na última vez fiquei sentadinho ali [nos camarotes]", relembra o lutador.

A iniciativa acabou gerando frutos para a própria Gaviões. Lidell estima que pelo menos 30 pessoas se interessaram em treinar na parte de esportes da organizada depois que Charles do Bronx postou nas redes sociais a foto do encontro. "O espaço lá é para corintiano e gaviões. É só chegar".

A luta entre Charles do Bronx e Michael Chandler será a principal do UFC 262, que acontecerá neste sábado (15). O card ainda terá os brasileiros Edson Barboza, Rogério Bontorin, Ronaldo Jacaré, André Muniz e Priscila Pedrita.

Charles do Bronx acompanha jogo na Neo Química Arena - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

MMA