PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Igor Gomes cita diferenças entre Crespo e Diniz: 'Agora é jogo posicional'

Igor Gomes, do São Paulo, em entrevista ao "Seleção SporTV - Reprodução / SporTV
Igor Gomes, do São Paulo, em entrevista ao 'Seleção SporTV Imagem: Reprodução / SporTV

Do UOL, em São Paulo

15/04/2021 15h37

O São Paulo venceu o Guarani por 3 a 2 na noite de ontem, manteve a liderança do Grupo B do Paulistão com 16 pontos e agora é o dono da melhor campanha do torneio estadual.

O técnico Hernán Crespo poupou a maioria dos titulares de olho no clássico contra o Palmeiras, amanhã, e escalou um time recheado de garotos - oito deles formados nas categorias de base do clube.

Autor de um dos gols na noite de ontem, Igor Gomes foi o convidado de hoje do 'Seleção Sportv' e falou sobre as diferenças entre o trabalho do comandante argentino e Fernando Diniz, ex-treinador do São Paulo.

"São dois jogos com a mesma proposta, mas com estilos diferentes. O Fernando Diniz priorizava muito minha movimentação e do Gabriel Sara que jogávamos mais centralizados, mas exigia muito da nossa movimentação para os lados. A gente precisava se movimentar por todos os setores do campo. Já o Crespo prefere um jogo mais posicional. Eu já fiz jogos pela direita e ontem joguei mais pela esquerda. Mas sempre respeitando meu setor. O posicionamento e as funções são um pouco diferentes. Eu gosto de jogar como meia centralizado, procurando encostar nos atacantes. Mas acho importante aprender com treinadores que pensam o jogo de forma diferente porque me agregam como jogador", avaliou Igor Gomes.

O meio-campista do São Paulo revelou particularidades da comissão técnica de Hernán Crespo e disse que ficou surpreendido pelo conhecimento demonstrado sobre a história do clube.

"Eu fiquei até impressionado como a comissão técnica do Crespo procurou saber da nossa cultura, da história do clube, de cada jogador do elenco. São pessoas muito atenciosas, conversam com todos. Eles procuram ser 100% justos todos os dias. Quando ele fala que está dando oportunidades e observando todos os jogadores, eu vejo muita verdade nisso. Eles estão arranhando já o português, estão falando bem. Eles têm consciência disso, falam de uma forma que facilita a compreensão de todos. Eles estão sendo extremamente adaptáveis. Isso passa credibilidade e confiança para todos nós", completou.

Após a vitória sobre o Guarani, o São Paulo acumula três vitórias consecutivas na temporada. Antes, o Tricolor havia batido Red Bull Bragantino e São Caetano. Com três gols na noite de ontem, o time de Crespo é dono do melhor ataque da competição com 19 gols marcados em sete partidas.

O São Paulo volta a campo amanhã e encara o Palmeiras, às 22h, no Allianz parque.

UOL Esporte vê TV