PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Jogador de Fifa mente idade para tomar vacina da covid-19 e acaba preso

Jogador de FIFA e gerente da EA Sports são presos após mentirem idade para tomar vacina contra a covid-19 - Divulgação/SSC
Jogador de FIFA e gerente da EA Sports são presos após mentirem idade para tomar vacina contra a covid-19 Imagem: Divulgação/SSC

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/04/2021 16h36

O vice-campeão mundial e jogador profissional de Fifa, Rubén Zerecero foi preso na Cidade do México após fraudar identidade para conseguir a vacina contra a covid-19. Além dele, o gerente de campanhas da EA Sports, Christian Nieva também fazia parte do golpe.

A notícia foi veiculada inicialmente pelo jornal mexicano 'Excelsior', que explicou a tática usada pelos dois. Eles se vestiram de idosos e pintaram o cabelo de branco. Ao marcarem presença no centro de vacinação de Coyocán, os dois usaram documentos falsos.

O jogador de Fifa optou pelo documento do pai, enquanto Christian conseguiu usar o do tio do amigo. O uso de máscara, capuz e óculos escuros facilitaram a ação dos dois, que possuem 30 e 35 anos, respectivamente.

A ação aconteceu no dia 27 de março e o caso foi divulgado ontem pela Secretaria de Segurança Cidadã, que mostraram os instantes antes e depois dos dois tomarem a vacina pelas câmeras de segurança do lugar.

Segundo a delegada do caso, Cristina Cruz, eles podem pegar até 9 anos de prisão e permanecerão presos até o julgamento, que não tem data para acontecer.

UOL Esporte vê TV