PUBLICIDADE
Topo

Jorge Ben faz 76 anos! 7 músicas dele sobre futebol - e algumas polêmicas

Jorge Ben canta durante festa antes de final entre Brasil e Espanha no Maracanã, na Copa das Confederações de 2013
Jorge Ben canta durante festa antes de final entre Brasil e Espanha no Maracanã, na Copa das Confederações de 2013
Getty Images

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

22/03/2021 17h01

Você gosta de futebol e música? E de Jorge Ben Jor? Então se liga porque a partir de agora você vai ter as três coisas - e até umas polemicazinhas de leve, por que não?

Antes de tudo, parabéns, Jorge Ben! Sim, hoje é aniversário de um dos "caras" da música brasileira.

Continua depois da publicidade

Pode não ser o seu artista preferido, mas não dá pra negar que ele é fera demais, né? Flamenguista roxo, hoje ele completa 76 anos de vida, muitos deles dedicados à música e... ao futebol também!

Mas peraí, pausa para a primeira polêmica: por acaso você viu em outros lugares que ele tem mais de 80 anos? É, tem essa confusão, mas nós ficamos com a palavra dele, sempre!

Erram sempre a minha idade. Eu sou de 1945, nasci quando terminou a guerra. De 22 de março de 1945. Eles sempre põem errado.
"África Brasil: um dia Jorge Ben voou para toda a gente ver"

Bom, mas vamos voltar ao que mais interessa: música e futebol, ou futebol e música, tanto faz a ordem, né? Ao longo de sua carreira, Jorge Ben dedicou inúmeras músicas ao esporte mais popular do Brasil. E é para isso que a gente está aqui. Vamos recordar sete delas?

Nelson Antoine/UOL - Nelson Antoine/UOL
Imagem: Nelson Antoine/UOL
Continua depois da publicidade

Vamos começar com uma CLÁSSICA - e aqui entra a nossa segunda polêmica: Fio Maravilha ou Filho Maravilha? Pode cantar como quiser que está tudo bem, mas a gravação original é "Fio Maravilha".

A letra original, composta em 1972 e lançada no disco "Ben", foi inspirada em uma jogada genial do ex-atacante Fio Maravilha, do Flamengo, em um amistoso contra o Benfica, no Maracanã. (olha ele aqui embaixo com o Zico)

Vinicius Castro/UOL - Vinicius Castro/UOL
Imagem: Vinicius Castro/UOL

Mas acredita que o jogador processou o Jorge Ben, reivindicando direitos autorais pelo uso do seu nome? Pois é, depois disso, a música passou a ser chamada de "Filho Maravilha".

Anos e anos depois, em uma entrevista ao Esporte Espetacular, da TV Globo, o ex-jogador do Fla se mostrou arrependido e disse que tudo não passou de uma ação movida por seu advogado - e que nunca teve interesse em prejudicar o autor.

Continua depois da publicidade

Mas independente de Fio ou Filho, o que vale é cantar junto. Dá o play!

A segunda da lista é mais um clássico, lançado em 1976 no álbum África Brasil. Em "Ponta de Lança Africano (Umbabarauma)", ou simplesmente Umbabaruma, Jorge Ben conta a história de um jogador que vestia a 10 e o encantou.

Segundo relatos do próprio, foi de um jogo em que assistiu na França. Mas tem muito fã aí que acha que a letra foi escrita para o próprio Zico... Será?

"Umbabaraumba, homem gol!". Tenho certeza que esse refrão vai ficar por um tempinho na sua cabeça. Vamos a ela:

Bom, essa próxima não tem o que discutir, foi para o Zico mesmo, né? E que homenagem ao Galinho: "Camisa 10 da Gávea", que também foi lançada no África Brasil. Nem vamos escrever muito, o refrão já diz tudo:

Continua depois da publicidade
É falta na entrada da área/ adivinha, quem vai bater/ é o camisa 10 da Gávea...

Viva o Ben Jor, e viva o Zico também! Ouve aí !

Agora, vamos recuar um pouco no campo... "Zagueiro", do disco "Solta o Pavão", de 1975. O título já diz tudo, né? E tem descrição melhor para um zagueiro do que essa letra? Com direito até à clássica frase "bola pro mato"...

Ele é um bom zagueiro/É o anjo da guarda da defesa/Mas para ser um bom zagueiro/Não pode ser muito sentimental
Zagueiro tem que ser malandro/Quando tiver perigo com a bola no chão/Pensar rápido e rasteiro/Ou sai jogando ou joga bola pro mato
Continua depois da publicidade

E que tal recuar mais ainda, até a pequena área. "Goleiro (Eu vou lhe avisar)" é uma canção mais recente, lançada em 1993, presente no álbum "23".

Aqui, ele faz uma advertência: "Eu vou lhe avisar, goleiro não pode falhar. Não pode ficar com fome na hora de jogar, senão, um frango aqui, um frango ali, um frango acolá"

E aquela reclamação clássica que todo torcedor já fez um dia? "Cadê o pênalty" saiu no disco de 1978, chamado "A Banda do Zé Pretinho". Será que alguém se identifica?

Cadê o penalty/Que não deram pra gente no primeiro tempo?/Vencer era uma necessidade/Um privilégio fazer planos e classificar
Continua depois da publicidade

E chegamos à última. Não podíamos fechar com outra, né? Duvido que você, onde quer que esteja, não pense em sair correndo e pulando com País Tropical - do álbum Jorge Ben, de 1969.

Ela não fala tanto sobre futebol quanto as outras, mas tem aquele trecho rubro-negro que ficou imortalizado, né? "Eu tenho um fusca e um violão/Sou Flamengo/Tenho uma nêga/Chamada Tereza".

Gostaram? Aposto que você vai fazer isso aqui agora... Partiu ouvir Jorge Ben! Bora comemorar!

via GIPHY

Futebol

Futebol