PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Casagrande vê fim da era Messi e CR7, e elogia Haaland: 'É muito especial'

Casagrande, comentarista do Grupo Globo - Reprodução/Globo
Casagrande, comentarista do Grupo Globo Imagem: Reprodução/Globo

Do UOL, em São Paulo

11/03/2021 16h07

Pela primeira vez depois de muito tempo, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi estão fora das quartas de final da Liga dos Campeões. Enquanto o Barcelona (ESP) foi eliminado pelo PSG (FRA), a Juventus (ITA) foi superada pelo Porto (POR).

A ausência dos jogadores que colecionaram troféus de melhor do mundo nos últimos anos esquentou a discussão na edição de hoje 'Seleção Sportv'.

Comentarista do Grupo Globo, Walter Casagrande Jr. afirmou que o auge de Messi e CR7 passou e elegeu Mbappé e Haaland como os próximos jogadores a segurarem o bastão.

"É normal que a era de Cristiano Ronaldo e Messi esteja chegando ao fim. Eles não vão conseguir manter o pico de rendimento e domínio de uma partida. Esse auge, eles não vão conseguir manter. Mas enquanto jogarem, vão ter momentos de brilho ainda. Eles ainda vão decidir muitos jogos, mas não vão conseguir se manter como os melhores do mundo. Acho que o Mbappé e o Haaland entrarão no lugar do Messi e Cristiano Ronaldo. Não com o mesmo talento, mas serão igualmente decisivos. Eles vão começar a entrar nesse cenário de importância, porque são jogadores muito jovens e muito talentosos. O mesmo nível de Messi e Cristiano Ronaldo não tem. Não existe talento próximo desses dois", disse Casão.

O comentarista rasgou elogios ao atacante norueguês do Borussia Dortmund (ALE). Autor dos dois gols no empate entre a equipe alemã e o Sevilla (ESP), pelas oitavas da Liga dos Campeões, Casagrande afirmou que Haaland será o maior atacante do futebol mundial.

"Acho que o Haaland vai marcar época. Nós vamos ficar assustados com esse garoto. Ele tem velocidade, força, altura, finalização. Ele tem tudo que um centroavante tem que ter. Ele é um camisa 9 fantástico. Ele é um dos melhores que apareceram nos últimos anos. Os números que ele tem com 20 anos de idade é algo impressionante. Se nada de anormal acontecer, ele vai ganhar bola de ouro, vai ser eleito como melhor do mundo. Se ele for para um Real Madrid, por exemplo, ele vai fazer o dobro de gols que já faz. A média de gols que ele tem não é normal. É um gol por partida na carreira inteira, por quatro clubes diferentes. Esse garoto é muito especial. Ele será o top do futebol mundial", completou.

Aos 20 anos, Haaland tem chamado atenção pelos números obtidos na fase inicial da carreira. O norueguês é o jogador que levou menos tempo para fazer 20 gols em Liga dos Campeões. Enquanto Neymar demorou 38 jogos para balançar 20 vezes a rede na competição, o camisa 9 do Borussia Dortmund levou apenas 14 partidas.

UOL Esporte vê TV