PUBLICIDADE
Topo

Cauã Reymond é faixa preta e já fez até jejum de sexo por jiu-jitsu

Cauã Reymond é faixa preta de jiu-jitsu desde os 22 anos
Cauã Reymond é faixa preta de jiu-jitsu desde os 22 anos
Reprodução/Instagram @cauareymond

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

05/03/2021 04h00

Cauã Reymond arranca suspiros na telinha da Globo desde 2002, quando interpretou o jovem Mau Mau, em Malhação. O que pouca gente sabe é que, antes de virar galã, ele teve toda uma vida dedicada ao esporte. Faixa preta de jiu-jitsu, ele até já fez jejum de sexo antes de disputar campeonatos.

Continua depois da publicidade

O jiu-jitsu entrou na vida de Cauã bem antes das artes cênicas. Com 13 anos, ele se apaixonou pela "arte suave" e jamais parou de praticá-la. Tanto que conseguiu virar faixa preta nove anos depois. Antes de virar ator, o galã já havia sido modelo e estudante de psicologia.

Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Para muitos, o jiu-jitsu é apenas uma forma de gastar caloria e se manter em forma. Para Cauã, a modalidade sempre foi muito mais do que isso. Por vários anos, ele se dedicou inteiramente ao esporte. Ele chegou a fazer jejum de sexo antes de campeonatos para obedecer a ordens superiores.

Eu era muito centrado. Tinha uma coisa, a gente não namorava uma semana antes de competir. Aos 15 anos não sei se precisava, mas eu fazia. O Gracie fazia, eu fazia também."
Cauã Reymond ao "Conversa com Bial"
Continua depois da publicidade

O "esforço" se fez necessário quando ele estava em Nova York, nos Estados Unidos, onde foi estudar para ser ator em uma prestigiada escola de atuação. Mas o jiu-jitsu nunca deixou sua vida, e ele chegou até a dar aula no exterior no período.

Cheguei a dar aula em Nova York quando eu estudava para ser ator. Ganhei uma bolsa de estudos. Eu era faixa marrom e peguei a faixa preta com 22 anos. Fui campeão norte-americano."
Reymond
Reprodução/Instagram @cauareymond - Reprodução/Instagram @cauareymond
Antes de seduzir na telinha da Globo, Cauã Reymond mostrava seu talento no jiu-jitsu
Imagem: Reprodução/Instagram @cauareymond

E se eu disser que o jiu-jistu já salvou a vida de Cauã em pelo menos duas oportunidades? Em 99, ele era modelo e estava em Milão, na Itália. O galã tinha como vizinho um ex-fuzileiro naval que sabia do seu gosto pela modalidade e sempre o desafiava para uma "brincadeira" de luta.

Eu evitava, mas um dia, na rua, ele me agarrou e dei um 'armlock' nele, que ficou enfurecido. Bateu na minha porta com um facão horas depois dizendo que o braço estava machucado."
Cauã Reymond à revista Graciemag
Continua depois da publicidade

Outra vez foi quando estava pilotando sua moto em Miami, nos Estados Unidos. Parado no sinal vermelho, Cauã viu um carro desgovernado acertá-lo em cheio. Os anos de treinamento de jiu-jitsu fizeram com que o ator da Globo desenvolvesse grande agilidade.

O cara bateu na minha moto, dei cinco rolamentos e saí intacto. Poderia ter me machucado. Esta foi outra vantagem do jiu-jitsu: sempre fiz a maioria das cenas de ação, sem dublê."
Cauã Reymond

Esporte

Esporte