PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jacaré 'observa' tacada de perto e não é percebido por golfistas; assista

O aligátor observando uma tacada, durante o torneio em seu habitat - Reprdução/Twitter/PGA Tour
O aligátor observando uma tacada, durante o torneio em seu habitat Imagem: Reprdução/Twitter/PGA Tour

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/02/2021 09h07

Uma cena assustadora passou desapercebida por três golfistas, ontem, durante a disputa do World Golf Championships. Isso porque essa edição do torneio realizado excepcionalmente na Flórida, estado dos EUA, contou com a presença de um aligátor, réptil típico da região, que "não se envergonhou" e ficou muito próximo dos competidores.

Justin Thomas foi o golfista que mais chegou perto do predador. Ele observava a jogada de Rory McIlroy, no oitavo do buraco do campo na cidade de Bradenton, enquanto o aligátor estava parado bem atrás de si. A camuflagem do réptil mostrou-se ainda mais eficiente, pois Max Homam, que acompanhava o lance de outro ponto de vista, também não notou o animal


Após a "tacada corajosa", conforme dito pelos comentaristas da Sky Sports que cobriam o torneio, o norte-irlandês, McIlroy, atingiu uma rodada de abertura de três abaixo do par de 69. Os americanos Thomas e Homa terminaram empatados após o primeiro turno.

O aligátor, por sua vez, decidiu voltar para a água e só foi visto novamente em uma tacada do espanhol Sergio Garcia.

Este evento do WGC geralmente é realizado no México, mas as restrições de viagem, impostas em razão da pandemia do coronavírus, fizeram a competição ser transferida para a Flórida.

Esporte