PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Everton diz que Ceni planejou colocá-lo na lateral: 'Mão do treinador'

Everton Ribeiro, do Flamengo, em entrevista ao "Seleção Sportv" - Reprodução SporTV
Everton Ribeiro, do Flamengo, em entrevista ao 'Seleção Sportv' Imagem: Reprodução SporTV

Do UOL, em São Paulo

26/02/2021 16h19

O tetracampeão brasileiro Everton Ribeiro foi o convidado de hoje do 'Seleção Sportv'. Campeão pelo Cruzeiro em 2013 e 2014, o meia repetiu o feito com a camisa do Flamengo em 2019 e 2020.

O camisa 7 rubro-negro revelou detalhes das ideias de jogo de Rogério Ceni. Criticado por algumas escolhas nas alterações durante as partidas da temporada, Everton Ribeiro afirmou que a proposta de colocá-lo de lateral direito no duelo contra o Internacional foi planejada pelo comandante.

"A ideia do Rogério Ceni me colocar de lateral direito foi treinada. Ele disse durante os treinamentos que aquilo seria ou tudo ou nada. A gente sabia que precisava ganhar do Inter, e se fosse necessário ele iria utilizar esse esquema. Isso tudo foi treinado. Ele deu seis minutos no treinamento comigo de lateral e Gabigol e Pedro juntos. Disse que tínhamos seis minutos para fazer o gol e virar líder", disse Everton Ribeiro.

Atuar na lateral não é bem uma novidade para o camisa 7 do Flamengo. Revelado nas categorias de base do Corinthians, Éverton Ribeiro iniciou a carreira como lateral esquerdo. Segundo ele, Rogério Ceni planejou colocá-lo no setor direito para ter Gabigol aberto e Pedro na referência.

"Corremos riscos jogando dessa forma no treinamento. A defesa ficou mais exposta e tomamos muito contra-ataques. Mas faltando 20 segundos para o fim do treino, conseguimos fazer o gol. Conseguimos reproduzir isso no jogo. Deu certo. Foi algo treinado e o Rogério foi ousado e corajoso. Isso tem a mão do nosso treinador", finalizou.

Rogério Ceni segue sem vencer o São Paulo como técnico. Entretanto, com o tropeço do Internacional diante do Corinthians, o comandante conquistou o primeiro título nacional em pouco mais de três meses de trabalho no Flamengo.

UOL Esporte vê TV