PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Rizek isenta Raphael Claus e atribui expulsão à interferência do VAR

André Rizek, apresentador do Seleção SporTV - Reprodução/SporTV
André Rizek, apresentador do Seleção SporTV Imagem: Reprodução/SporTV

Do UOL, em São Paulo

22/02/2021 15h11

A expulsão do lateral Rodinei no confronto de Inter e Flamengo está dando o que falar. Em lance interpretativo, o árbitro Raphael Claus foi orientado pelo árbitro de vídeo e expulsou o jogador do Internacional.

Apresentador do 'Seleção Sportv', André Rizek fez duras críticas à implementação da tecnologia no futebol brasileiro e afirmou que interferências como a do lance de Rodinei na partida de ontem não deveriam existir.

"O VAR não veio para mudar o futebol. Quando essa tecnologia surgiu, a proposta era para acabar com aquele erro claro que já vimos em Copa do Mundo, Campeonato Brasileiro, e qualquer torneio. Erros claros, constrangedores, o VAR surgiria para acabar com isso. O VAR só deveria aparecer quando se está diante do chamado erro claro. Um gol com a mão, jogador muito impedido, a saída clara da bola pela linha de fundo, o VAR surgiu com esse objetivo. O Raphael Claus, para mim o melhor árbitro do Brasil, ignorou o lance do Rodinei no campo. Um lance muito rápido e que você só consegue enxergar essa falta com o árbitro de vídeo. O VAR só deveria alertar o árbitro, se ele cometeu um erro claro", disse o apresentador.

Para Rizek, o árbitro de campo tem perdido autoridade com tamanha interferência do VAR. O apresentador ainda disse que por ser um lance passível de interpretação, não consegue definir se Raphael Claus tomou a decisão correta.

"O Raphael Claus fica sugestionado a corrigir o suposto erro quando é alertado pelo VAR. Acho que 90% dos árbitros mudariam de opinião também. A partir do momento que o VAR orienta a rever a imagem, os árbitros ficam sugestionados a seguir a orientação de quem está na cabine de vídeo. Não consigo classificar a atuação do Claus de erro. Eu não consigo dizer que o Claus errou, mas dá para dizer com segurança que o VAR errou. O VAR não poderia chamar o Claus em um lance como esse", finalizou.

Rodinei foi o centro das atenções antes e durante a partida. O jogador, emprestado pelo Flamengo, só pôde atuar após pagamento da multa de R$ 1 milhão imposta em contrato. Durante o jogo, foi em cima dele que Bruno Henrique fez a jogada para o primeiro gol do Flamengo, marcado por Arrascaeta e pouco depois foi expulso de campo.

UOL Esporte vê TV