PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Renato Peters chora após cobertura do Mundial: "Tira caminhão das costas"

Repórter da TV Globo se emocionou ao revelar superação no Qatar diante das dificuldades por conta da pandemia - Reprodução/TV Globo
Repórter da TV Globo se emocionou ao revelar superação no Qatar diante das dificuldades por conta da pandemia Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

12/02/2021 08h53

O repórter Renato Peters, da TV Globo, não segurou a emoção ao finalizar sua cobertura do Mundial de Clubes à emissora no Qatar, sede do torneio que foi encerrado ontem.

Em uma aparição no "Bom Dia SP", o jornalista falou sobre o final da competição em um ponto turístico do país e aproveitou para mostrar ao público o repórter cinematográfico Jonathan dos Santos, revelando a dificuldade de um trabalho "enxuto" por conta do coronavírus.

"Foram quinze dias e eu vou contar um perrengue que aconteceu. A gente está entrando [no ar] via internet, temos os chips... e a nossa internet acabou minutos antes do 'Bom Dia Qatar'. Fizemos um gato aqui! Neste momento estamos roteando do meu celular para nossa maleta de transmissão", iniciou Peters, antes de não segurar o choro.

"Foi muito legal essa cobertura. Foi uma jornada muito intensa. A Globo decidiu mandar uma equipe enxuta até porque tem a pandemia e existe o risco de contaminação. Aqui no Qatar os casos estão aumentando. Foi muito intensa por causa da equipe reduzida. Tivemos quatro profissionais do grupo. [Além de mim e do Jonathan], foi o produtor Fabrício Crepaldi e o André Hernan. E... Meu deus do céu, esse 'Bom Dia SP' emociona. Foi uma cobertura intensa... Ih rapaz, bota as imagens!", disse o repórter, já com lágrimas nos olhos.

Neste momento, ele foi ajudado pelo apresentador do telejornal, Rodrigo Bocardi. "Desfruta desse momento! Você acompanhou e viu nossa proximidade com o público, isso é fantástico, com caminho de redes sociais. Foi um sucesso enorme, foi muito bacana ver todo mundo se divertindo e tentando trazer descontração. Você contribuiu demais para isso."

Ainda emocionado, Peters afirmou ter tirado "um caminhão das costas" com o fim da cobertura e relembrou um episódio divertido no Qatar, envolvendo uma calça rasgada durante um passeio de camelo.

"Essa emoção é que vocês sabem. Quando acaba uma cobertura e dá tudo certo, você tira um caminhão das costas. A gente se desdobrou aqui. Quando chega no final, você pensa: 'foi tudo certo'. Desculpa aí... o 'Bom Dia SP' faz cada coisa. Faz a gente rasgar calça ao vivo!".

"Espero que a gente tenha levado para vocês todas as informações. Como disse, a torcida palmeirense sai frustrada com o 4° lugar, mas o time tem Copa do Brasil para disputar. Cumprimos a nossa missão. Quem sabe voltamos em 2022!", finalizou o repórter, fazendo alusão à próxima Copa do Mundo, que será realizada no país.

No Twitter, vários telespectadores se emocionaram com o gesto e elogiaram o trabalho do repórter:

UOL Esporte vê TV