PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Pedrinho critica Fifa por prêmio dado a Lewandowski: 'Não foi o melhor'

Pedrinho, ex-Vasco e Palmeiras, na função de comentarista - Reprodução/SporTV
Pedrinho, ex-Vasco e Palmeiras, na função de comentarista Imagem: Reprodução/SporTV

Do UOL, em São Paulo

12/02/2021 14h27

O Bayern de Munique (ALE) conquistou o Mundial de Clubes ao vencer o Tigres (MEX) por 1 a 0 na tarde de ontem. Melhor jogador do mundo da temporada, Robert Lewandowski também faturou o prêmio dado ao melhor atleta do Mundial disputado em Doha, no Qatar.

Comentarista do Grupo Globo, Pedrinho fez duras críticas aos critérios adotados pela Fifa que elegeu o centroavante polonês como maior destaque da competição.

"Primeiramente queria dar parabéns para a Fifa por mudar o critério de melhor jogador do mundo. Seja no contexto geral ou no Mundial de Clubes. Lewandowski não foi o melhor nem aqui nem em qualquer Mundial que já existiu. Fez gols, mas participou muito pouco dos dois jogos. Dos três finalistas, o Kimmich e Gignac foram muito melhores que ele. Estão descaracterizando o que é ser o melhor do mundo. O prêmio de melhor do mundo também é adotado outro critério. Escolhem quem fez mais gols na temporada, mas se esquecem quem jogou mais bola", disse Pedrinho na edição de hoje do 'Seleção Sportv'.

O comentarista aproveitou para alfinetar os críticos de Neymar. Após mais uma lesão, o atacante brasileiro ficará algum tempo fora de combate dias antes do feriado de carnaval no Brasil.

"E queria também falar sobre alguns membros da imprensa que disseram que a nova lesão do Neymar é culpa dele. Então quer dizer que o problema não é de quem bate, mas é culpa dele que segura bola? Se ele prende a bola e chama muitas faltas, é uma outra avaliação. Não se justifica a violência que ele recebe constantemente. E dizer que ele ficou fora por conta do carnaval, é desrespeitar demais o atleta, partir para o pessoal e esquecer que a análise que fazemos deve ser feita unicamente no âmbito profissional", finalizou.

Com a conquista da última quinta-feira, o Bayern de Munique conquistou o tetracampeonato mundial da história. Os bávaros haviam vencido em 1976, 2001, 2013 e voltaram a levantar o título em 2021.

UOL Esporte vê TV