PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Claudinho se vê 'cada vez mais pronto' para defender a seleção brasileira

Claudinho, do Red Bull Bragantino, diz estar pronto para defender a seleção brasileira - Reprodução/SporTV
Claudinho, do Red Bull Bragantino, diz estar pronto para defender a seleção brasileira Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/02/2021 23h36

Destaque do Red Bull Bragantino, o meia Claudinho acredita estar "cada vez mais pronto" para vestir a camisa da seleção brasileira. Em entrevista ao "Bem, Amigos", do SporTV, o jogador afirmou que se sente preparado para ser convocado por Tite.

"Eu me sinto cada vez mais pronto (para vestir a camisa da seleção). Eu venho crescendo a cada dia e a cada temporada. Da Série B para cá, eu cresci bastante. Nessa Série A, eu provei para mim mesmo que eu consigo esse algo mais: se destacar na Série A, se destacar na Europa, chegar numa seleção brasileira, que é um sonho. Eu me sinto, sim, preparado. (...) Eu quero chegar na seleção para ficar, para mostrar o meu trabalho", falou Claudinho.

Formado no Santos e com passagem pelo Corinthians em 2015, onde trabalhou com Tite, Claudinho acredita que vários os empréstimos retardaram seu "estouro" no futebol brasileiro.

"Tudo começou no Santos, com uma má gestão de quem me agenciava, da diretoria também, porque meu contrato estava acabando e acabaram não renovando. Teve a proposta do Corinthians, também um time grande, é um sonho de qualquer um jogar lá, então eu aceitei. Logo que eu cheguei, subi para o profissional. Participei do elenco que foi campeão em 2015, aprendi bastante. Em 2016, comecei a ser emprestado para ter um pouco mais de rodagem, experiência. Acabei rodando um pouco, mas acho que valeu a pena", opinou o jogador, que também criticou o "mimo" das categorias de base:

"Tem muito jogador que se ilude, e eu não me tiro disso. Quando um jogador está na base de um time grande, ele acha que vai virar um novo Neymar, um novo Robinho; tudo tem que ser do jeito dele, fica mimado. Eu tenho que agradecer muito ao Red Bull Brasil - antes da parceria com o Bragantino - que me ajudou muito a crescer e não ter atitudes de moleque", completou.

O meia ainda avaliou a briga entre Flamengo e Internacional pelo título do Campeonato Brasileiro, e vê o Colorado em vantagem. Segundo ele, porém, o confronto direto, pela 37ª rodada, definirá o campeão.

"O Flamengo e o Inter estão numa disputa muito acirrada (pelo título brasileiro). Eu acho que vai se resumir no confronto direto. Acho que o Inter, por estar na frente, acaba tendo uma vantagem", palpitou.

UOL Esporte vê TV