PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Luxa publica pesar por acidente que matou atletas e presidente do Palmas

Vanderlei Luxemburgo durante clássico contra o Botafogo - Thiago Ribeiro/AGIF
Vanderlei Luxemburgo durante clássico contra o Botafogo Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/01/2021 21h12

No último domingo (24), um acidente deixou o esporte brasileiro de luto. Um avião com seis ocupantes, entre eles o presidente do Palmas Futebol e Regatas e quatro atletas do clube caiu, sem sobreviventes. Dois dias depois da tragédia, antes do jogo entre Vasco e Palmeiras, o técnico Vanderlei Luxenburgo publicou um recado de pesar e revelou que conhecia o presidente morto.

"Primeiro, gostaria de explicar o porquê só de hoje falar sobre esse terrível acidente que aconteceu no Tocantins. Estava ocupado e foi uma coisa que mexeu muito com minha cabeça, porque eu conhecia o presidente do Palmas, um jovem promissor com uma cabeça arejada, privilegiada e mais os meninos que morreram. Então, hoje queria prestar minha solidariedade aos familiares, dizer que foi um acidente lamentável, uma coisa muito triste e uma desgraça ao estado do Tocantins. Me solidarizar com a família, dizer que não consigo entender, porque não estou do lado deles, mas consigo pensar o que eles devem estar passando depois dessa coisa toda traumática, que foi acidente. Que Deus esteja no coração, que possa amenizar esse trauma que vocês estão vivendo", falou Luxa.

O comunicado foi feito nas redes sociais do treinador vascaíno. No dia do acidente, o Vasco não entrou em campo e comemorava o resultado positivo no dia anterior, contra o Atlético-MG. A tragédia aconteceu há cerca de 25km da capital do Tocantins e tirou a vida de Lucas Meira, de 32 anos, e mais 4 jogadores do time: Lucas Praxedes, 23, Guilherme Noé, 28, Ranule, 27, e Marcus Molinari, 23.

Futebol