PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Claudinho nega mágoa do Corinthians, mas diz: 'Faltou acreditar mais'

Claudinho "culpa" falta de confiança por pouco espaço no Corinthians - Reprodução/SporTV
Claudinho 'culpa' falta de confiança por pouco espaço no Corinthians Imagem: Reprodução/SporTV

Destaque do Red Bull Bragantino, Claudinho acredita que não vingou no Corinthians por "falta de confiança" do clube. Mesmo assim, o meia-atacante negou sentir mágoa do Alvinegro, que foi superado, por 2 a 0, pelo time do interior paulista, ontem, pelo Campeonato Brasileiro.

Formado no Santos, Claudinho chegou ao Corinthians em 2015. O meia-atacante, contudo, nunca teve chances no time profissional, e acabou emprestado para times como Santo André e Ponte Preta. A Macaca ficou em definitivo com o jogador em 2017.

"Acabei não tendo muitas oportunidades no Corinthians. Joguei cinco minutos contra o Linense e, a partir daí, não tive mais oportunidade, e acabou tendo empréstimos", disse o jogador em entrevista ao "Seleção SporTV".

"Quem nasce com talento, o talento não some em nenhuma hora. Eu acho que o jogador precisa da confiança de todo mundo, da comissão, da diretoria, para apostar em você quando está subindo da base. Acho que faltou um pouco mais disso, de acabar acreditando um pouco mais. Não guardo mágoa nem rancor de nada, porque também a consequência do trabalho me ajudou a crescer bastante", completou Claudinho.

Após triunfo na Neo Química Arena, o Bragantino "cutucou" o Corinthians nas redes sociais e publicou uma montagem com fotos de Claudinho - autor de um dos gols.

Ida para o Grêmio?

Claudinho ainda revelou o papo com Renato Gaúcho na vitória do Grêmio sobre o Red Bull Bragantino, por 2 a 1, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador foi convidado a trocar o interior paulista pela capital gaúcha.

"Ele (Renato Gaúcho) perguntou sobre a minha situação no clube, se eu queria trabalhar com ele no Grêmio, que seria muito bom para mim. Um ex-atleta que ganhou tudo, um técnico que ganhou tudo, seria um prazer enorme trabalhar com ele, só que, no momento, eu estou muito feliz no Red Bull Bragantino. Minha cabeça agora só está no clube", falou.

Futebol