PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Documentário da Globo do qual Neto se nega a participar só estreia em 2022

Neto, no Os Donos da Bola - Reprodução/Band
Neto, no Os Donos da Bola Imagem: Reprodução/Band

Gabriel Vaquer

Do UOL, em Aracaju

19/01/2021 19h38

O Globoplay está produzindo um documentário sobre a história do Corinthians com estreia prevista para o primeiro semestre de 2022. O mote serão os dez anos da única conquista da Copa Libertadores pelo clube. Foi esta a produção citada por Neto na edição de ontem (18) do "Os Donos da Bola". O apresentador disse que não participará do projeto se a Globo não liberar imagens de uma entrevista com o jogador Tchê Tchê, do São Paulo para exibição em seu programa.

Segundo apurou o UOL Esporte, será uma série documental com vários episódios com produção da própria equipe de esportes da casa. Faz parte de um projeto maior para aumentar os produtos esportivos no Globoplay, o serviço de streaming da emissora. Os trabalhos começaram em novembro do ano passado. Entre os nomes já entrevistados estão o historiador e jornalista Celso Unzelte, os ex-jogadores Walter Casagrande, Dinei, Biro-Biro e Zenon e o ex-presidente do clube Andrés Sanchez. Além de Neto, a produção quer falar nas próximas semanas com ídolos como Marcelinho Carioca, Ronaldo Giovanelli, Dida e Basílio —entrevistas que ainda não foram marcadas.

A captação do material deve terminar no primeiro semestre de 2021 e o lançamento está previsto para o início de 2022.

Internamente, a Globo considerou a ameaça de Neto "uma irritação momentânea" do apresentador da Band. O grande nome do Corinthians campeão do Brasileirão de 1990 gostou da ideia quando soube da iniciativa. Porém, no ano passado, Neto iria participar de uma reportagem no "Esporte Espetacular" sobre o primeiro título nacional do clube, que completou 30 anos. Ele acabou se recusando a gravar e a reportagem usou falas dele sobre o assunto da Timão TV.

A bronca de Neto

Na segunda-feira, Neto mandou um recado à Globo durante o "Os Donos da Bola". Ele revelou que a emissora carioca se recusou a ceder uma entrevista do volante Tchê Tchê após o empate por 1 a 1 entre Athletico-PR e São Paulo que sua produção pretendia usar no programa. Em resposta, ele se negaria a dar entrevista para um projeto especial da concorrente —justamente a série documental sobre a conquista da Libertadores de 2012.

"Eu queria ter a entrevista do Tchê Tchê, mas a Globo não quer dar para gente. Tem uma menina que quer me entrevistar para um especial do Corinthians que vai para o Globoplay. É o seguinte: se vocês não me derem a entrevista do Tchê Tchê, eu também não dou entrevista nenhuma para vocês", afirmou o apresentador. Neto disse ainda não compreender a conduta da Globo, já que as imagens com os melhores momentos da partida foram cedidas.

"Não é aquela conversa de sermos emissoras co-irmãs? Então qual é o problema de ceder essa entrevista para gente? Eu não entendo. Nós nunca incomodamos vocês. Nossa concorrência é com a RedeTV!, Record e Gazeta", completou.

UOL Esporte vê TV