PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Rizek, sobre bronca de Diniz: 'Se meu chefe fala assim comigo, denuncio'

André Rizek, no Seleção SporTV - Reprodução/SporTV
André Rizek, no Seleção SporTV Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/01/2021 14h57

Apresentador do Grupo Globo, André Rizek afirmou que não aceitaria ser tratado da forma como Fernando Diniz se dirigiu à Tchê Tchê, ontem, durante a derrota do São Paulo para o Red Bull Bragantino por 4 a 2, pelo Campeonato Brasileiro.

O jornalista afirmou que se fosse tratado por um superior da mesma maneira, iria ao compliance de sua empresa e faria uma denúncia de assédio moral.

"Não sou jogador de futebol, não sei esses códigos de ética do futebol. Se o meu chefe fala assim comigo, eu vou no compliance, vou denunciá-lo por assédio moral. Eu não aceito que um superior - ou que qualquer pessoa - me trate dessa forma. Não aceito. O futebol tem alguns códigos que são diferentes e que acho que tem que mudar", opinou Rizek em participação no Seleção SporTV, hoje.

"Eu lido com comunicação, a palavra do Diniz para o Tchê Tchê foi clara. E eu acho, no mínimo, deselegante, tratar alguém assim", completou.

Entenda a situação

Fernando Diniz se desentendeu com Tchê Tchê e chamou o jogador de "perninha" e "mascaradinho". A discussão foi flagrada no áudio da transmissão da TV Globo.

"Não posso falar com você?", questionou Tchê Tchê.

"Não pode mesmo", respondeu Diniz. "Tem que jogar, c... seu ingrato do c..., seu perninha do c..., seu mascaradinho do c..., vai se f...", disparou.

UOL Esporte vê TV