PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Sheik critica agressões a jogadores do Avaí e aconselha Ralf: 'Casa, né?'

Emerson Sheik e Vilson acompanham treino do Corinthians no CT Joaquim Grava - Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Emerson Sheik e Vilson acompanham treino do Corinthians no CT Joaquim Grava Imagem: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/12/2020 00h12

Emerson Sheik comentou no 'Arena SBT' de hoje sobre o episódio envolvendo o volante Ralf e alguns torcedores do Avaí. Na noite do último domingo, 6, o atleta e colegas de elenco foram vistos em uma casa noturna e chegaram a sofrer ameaças e até mesmo agressões físicas.

"A agressão não pode. O jogador tem seu momento de lazer, mas tem que lembrar que estamos na pandemia. Agora, Ralf. Casa, né? Com o pessoal certo! Quando eu fazia as festas, tinha todo um esquema e preparação para não dar ruim", recordou o atacante.

Além dele, Cicinho completou o conselho dado por Sheik para o ex-Corinthians. No ponto de vista do ídolo do São Paulo, tudo isso aconteceu pela representatividade que Ralf teria que lidar desde o momento de sua contratação.

"O Ralf foi contratado para ser uma liderança no Avaí, não era para ele estar aí", disse ele.

Na tarde desta segunda-feira, o Avaí se pronunciou oficialmente e anunciou que os jogadores cumprirão um afastamento por descumprirem uma orientação do departamento médico, em um protocolo contra covid-19.

UOL Esporte vê TV